Sábado, 14 de Setembro 2019: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

19 de agosto de 2019

BINÓCULOS NO NEVOEIRO DA POLITICA MASSAPEENSE

19.08.2019 - O prefeito de Massapê Jacques Albuquerque (PMDB), vai ter dificuldades nos seus planos de reeleição à Prefeitura de Massapê, em 2020.

A ideia do prefeito é sacramentar o acordo com o deputado Moisés Braz. Apesar de ter avançado nas conversas para contar com o apoio do PT, alguns integrantes petistas locais não concordam com a coligação.

Jacques Albuquerque se distanciou de velhos amigos, fiéis escudeiros de muitos anos ao seu lado, e, também, é claro, perdeu o apoio dos principais caciques do PSDB massapeense, aliados da campanha de prefeito em 2016.

A cada dia que passa piora a situação de Jacques Albuquerque. Além de sofrer revés popular, diariamente os massapeenses reclamam da falta de medicamentos nos PSFs, sistema precário de iluminação pública, ruas e bairros sujos, falta de manutenção de principais estradas vicinais; o prefeito pouco cumpriu com seus 15 motivos e propostas, elencados a favor do povo na campanha para prefeito de 2016.

O peemedebista ainda não digeriu a derrota sofrida dos seus candidatos aos cargos majoritários, principalmente proporcionais, na campanha de 2018. Perdeu feio para Zezinho e AJ Albuquerque, irmão e sobrinho, respectivamente. A votação de Carlos Matos e Roberto Pessoa, ambos do PSDB,  foi um fiasco.   

Atento às movimentações e ao risco de concorrer à Prefeitura, com sua base aliada fracionada em Massapê, o prefeito Jacques torce pra que o PSDB desista da ideia de lançar pré-candidatura à Prefeitura local. 

Foge de contexto ou não se adapta à realidade, as conversas de que o grupo do Zezinho Albuquerque possa apoiar a pré-candidatura de Jacques. São assuntos desconexos, sem sentido. Não tem como ter os dois lados juntos. Oposição é oposição, situação é situação!

Por outro lado, o PP de Massapê já sinalizou ter pré-candidatura forte em 2020, mas só discute política no próximo ano, às convenções partidárias. Já foi proferido em nosso programa de rádio: “eu e o AJ vamos estar apontando pré-candidatura apenas no próximo ano”, foi o que afirmou o deputado estadual e secretário das cidades do Ceará, Zezinho Albuquerque (PDT) filho desta terra.

A politica é dinâmica, mas os últimos pleitos se confirmaram o diagnóstico de que, em Massapê, os eleitores usam o voto como arma para sancionar positiva ou negativamente o desempenho dos seus representantes.

Que sirva de lição para todos, inclusive para os pré-candidatos a vereador!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário