Quinta,14 de dezembro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

6 de agosto de 2017

PARA TEMER, LAVA JATO TERÁ “RUMO CERTO” COM SAÍDA DE JANOT E CHEGADA DE DODGE NA PGR

A saída de Rodrigo Janot da Procuradoria-Geral da República vai dar “o rumo correto à Lava Jato”. Essa é a avaliação do presidente Michel Temer, em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo. Para ele, a denúncia de Janot, que deixa o cargo no dia 17 de setembro, é de um “ridículo jurídico que envergonha qualquer aluno do segundo ano da Faculdade de Direito”.

Temer também se defendeu das acusações de que pretendia obstruir a Lava Jato. “Ninguém nunca pretendeu destruir a Lava Jato. Eu não ouvi o depoimento de nenhum agente público que dissesse vamos paralisar a Lava Jato, ninguém. Muito menos de ministros do Supremo ou membros da Procuradoria ou do governo. Ninguém disse isso”.

Sobre Raquel Dodge, que assume o cargo substituindo Janot, nomeada pelo próprio presidente, ele afirmou que “ela vai cumprir rigorosamente o que a lei estabelece. Onde houve delito ela vai continuar investigando. Não tenho a menor dúvida disso. Acho que, pelo histórico dela e conhecimento jurídico, ela vai cumprir rigorosamente as funções que competem ao procurador-geral.”
O presidente também respondeu se tem algum receio sobre as delações de Funaro e Cunha. “Primeiro, não conheço Lúcio Funaro, segundo, não sei o que ele vai dizer. Portanto, não posso falar sobre hipóteses. Não tenho nenhuma preocupação com isso. Eduardo Cunha, sim, foi líder do PMDB, foi presidente da Câmara. Às vezes me perguntam, como é que você falava com ele? Meu Deus, estou falando com o líder do PMDB, com o presidente da Câmara... E eu não devo falar com ele.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário