Sábado, 19 de Agosto 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

14 de setembro de 2014

O BRASIL DA VAIDADE



A preocupação com a simetria dos traços faciais e a tentativa de amenizar os sinais do envelhecimento estão levando cada vez mais homens e mulheres às salas de operação. Segundo dados deste ano da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS, na sigla em inglês), o Brasil ultrapassou os Estados Unidos em números absolutos de intervenções no rosto e na cabeça e chegou ao primeiro lugar mundial em 2013. Foram mais de 380 mil desses procedimentos aqui, contra 312 mil por lá. Na sequência estão México, Alemanha e Colômbia.

A vasta procura pelas cirurgias também leva à formação de mais profissionais. O Brasil tem 5.473 cirurgiões plásticos. Perde apenas para os EUA, que têm 6.133. Mas o distante terceiro lugar, no caso o México, tem 1.550 cirurgiões.

Entre as novidades, estão procedimentos mais naturais e menos invasivos. Na testa, cortes menores ou opção pelo botox. Ao redor dos olhos, intervenções mais conservadoras, retirando menos pele e gordura. Na face, ao contrário, ações mais profundas, com reposicionamento de tecidos e da pele. E no pescoço, equipamentos mais finos.
(O Globo)
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário