Domingo, 22 de Outubro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

30 de setembro de 2014

DILMA AMPLIA VANTAGEM E AÉCIO SE APROXIMA MAIS DE MARINA, MOSTRA CNT/MDA

Mais de um mês depois de cair para o terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto – após o acidente que matou Eduardo Campos (PSB) –, Aécio Neves (PSDB) conseguiu consolidar um crescimento na reta final da campanha que o coloca definitivamente na briga pelo segundo turno. De acordo com a pesquisa CNT/MDA divulgada nessa segunda-feira, o ex-governador de Minas Gerais reduziu a diferença para Marina Silva de 9,8% para 5,4% pontos percentuais, em comparação ao levantamento da semana passada.

Agora, a ambientalista tem 25,2%, contra 19,8% do tucano. Se a diferença encolher mais um ponto percentual, os dois estarão tecnicamente empatados. A margem de erro da pesquisa é de 2,2%. A subida de Aécio já havia sido constatada pela pesquisa Istoé/Sensus, divulgada na sexta-feira. De acordo com o levantamento, Marina teria 25% das intenções de voto, contra 20,7% do tucano. Como a margem de erro da pesquisa é de 2,2%, o cenário já revelava um empate técnico entre os dois. De acordo com a Istoé/Sensus, Dilma Rousseff (PT) tem 35% da preferência do eleitorado.

Depois de perder a dianteira para a substituta de Campos, Dilma se consolidou novamente à frente no levantamento CNT/MDA. Com 40,4% das intenções de voto, a presidente tem uma vantagem confortável sobre Marina no primeiro turno. Além disso, aparece pela primeira vez à frente da ex-senadora no segundo turno. Com nove pontos de vantagem, Dilma tem 47,7% das intenções de voto, contra 38,7% de Marina. Na pesquisa anterior, as duas estavam tecnicamente empatadas (42% para a petista e 41% para a socialista). A pesquisa também dá a vitória a Dilma contra Aécio (49,1% a 36,8%). No último cenário pesquisado, de disputa entre Marina e Aécio, a candidata do PSB tem 41,1% das intenções de voto no segundo turno, contra 36% do tucano.

A pesquisa entrevistou 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 unidades da Federação de todas as cinco regiões do país, entre 27 e 28 de setembro. No primeiro turno, também pontuaram os candidatos Luciana Genro (PSol), com 1,2%, e Pastor Everaldo (PSC), que teve 0,6% das intenções de voto. Os demais candidatos somaram 0,5%. Votos brancos e nulos somam 5,9%, e 6,4% dos entrevistados não sabem ou não responderam. A sondagem foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número BR-00992/2014.
(Reuters)
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário