Quarta, 18 de Outubro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

8 de janeiro de 2016

RETRATO DO TAMANHO DA CRISE

Anteriormente, aqui no blog Massapê Indo e Voltando, já nos manifestamos com uma publicação tratando das reais condições em que se encontram os municípios brasileiros sobre a forte crise instalada nas cidades. Entre as áreas mais afetadas estão a Saúde e a Educação: dois dos principais pilares de sustentação da sociedade como um todo.

Na educação, por exemplo, os recursos são insuficientes para manter as frotas de transporte. Quase na mesma intensidade, aparece à escassez de receita para o pagamento do Piso do Magistério, entre outras preocupações.

A crise se manifesta de modo ainda mais grave na Saúde. Municípios relatam dificuldades com relação a essa área. O principal problema é a falta de medicamentos e até a falta de médicos. Ainda bem que no município de Massapê temos médicos 24h em ação.

Com tantos problemas, em duas áreas consideradas essenciais para a população, muitos gestores tomaram providências para amenizar os efeitos da crise. A mais comum foi reduzir as despesas de custeio, o que quer dizer enxugar os custos com água, luz e material, por exemplo.

Sem recursos, o corte de pessoal tem sido uma medida adotada para sobreviver, além da redução de cargos comissionados.

Enquanto os prefeitos tentam “fazer mágica” com o orçamento, na ponta final a comunidade sinaliza sua insatisfação com a crise. Infelizmente, aqueles que moram nos bairros e nas comunidades muitos não sabem da realidade. Aí, põem culpa nos agentes políticos da cidade, prefeito e vereadores, como se eles fossem culpados por tudo.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário