25 de maio de 2017

PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA INDEFERE PEDIDO DE IMPEACHMENT DE CAMILO

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Zezinho Albuquerque (PDT), rejeitou, durante a abertura da sessão desta quinta-feira (25), o pedido impeachment do governador Camilo Santana (PT) protocolado pelo deputado Capitão Wagner (PR).

Segundo Zezinho Albuquerque, a decisão segue parecer jurídico elaborado pela Procuradoria da Casa. Na avaliação, a denúncia não deveria ser recebida em “face de carência de justa causa” para iniciar um processo de impeachment.

O pedido de impeachment foi protocolado nesta terça-feira (23) pelo deputado, baseado na delação da JBS que apontou que o ex-governador Cid Gomes recebeu R$ 20 milhões em propina, por meio dos atuais secretários Arialdo Pinho e Antônio Balhmann para financiar a campanha do então candidato Camilo. Capitão Wagner exigia a demissão dos secretários citados pelos empresários.

Na ocasião, Camilo avaliou o pedido de impeachment como uma ação de “oportunismo”. "Essa ação tem o objetivo claro de se aproveitar do momento instável vivido pelo país para tentar tirar vantagem política. Isso é oportunismo puro, e não vou entrar nesse jogo", disse o governador.


Após a decisão de Zezinho, Capitão Wagner encaminhou novo documento pedindo para o presidente rever a posição. 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário