Domingo, 22 de Outubro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

2 de dezembro de 2016

APÓS O RESULTADO DE 27 A 18, AMIGOS E CORRELIGIONÁRIOS DE ZEZINHO ALBUQUERQUE "EXPLODEM" DE ALEGRIA

As atenções do Ceará inteiro se voltaram para a Assembleia neste 1º de dezembro de 2016. Era a eleição mais concorrida de todos os tempos para a escolha do Presidente daquela Casa, para gerir os destinos do Legislativo por mais 2 anos.

De um lado, Sérgio Aguiar que, no começo, disse ser candidato mais de forma despretensiosa, mas no final veio ganhar fôlego quando obteve os apoios de Eunício Oliveira, Tasso Jereissati, Capitão Wagner, Roberto Pessoa e Domingos Filho.

Do outro, o massapeense Zezinho Albuquerque, já presidente, nunca escondeu o desejo de ir para a reeleição. Precisos, metódicos, articuladores e que sabem fazer política, Camilo Santana, Cid e Ciro Gomes partiram para cima de corpo e alma. Aliados a Zezinho Albuquerque, sereno, equilibrado, comedido, correto, racional e construtivo na vida pública ganharam a eleição.

O blog Massapê no Caminho da Notícia foi pra dentro da Assembleia. Um marco na história ficou registrado nos Anais da Assembleia Legislativa: Primeiro que nunca tinha acontecido um deputado ser eleito três vezes consecutivas, Zezinho conseguiu. Segundo, nunca se viu tanta gente naquela Casa legislativa. Parecia o Ceará inteiro todo lá.

Depois que o deputado estadual Zezinho Albuquerque (PDT) foi reeleito presidente por 27 votos a 18, a Assembleia explodiu de alegria, Massapê pegou fogo. Era alegria para todos os lados: os verdadeiros defensores, os grandes amigos, os sinceros militantes e correligionários de Zezinho comemoraram e ainda estão comemorando ao estilo de muitos fogos de artifícios, buzinar de motos e carros, e outras maneiras de manifestações com a vitória. Enquanto do outro lado, parte da oposição, aquela raivosa, odiosa, rancorosa e execrável que torcia contra o seu próprio conterrâneo, declinou-se à sua própria insignificância e não fez mais nada. 

No seu discursou de quase 12 minutos, e o blog apresenta com exclusividade, Zezinho Albuquerque falou do aprendizado ao longo desses anos no comando do Legislativo e agradeceu os apoios recebidos, inclusive do PMDB. 

"Por Justiça - disse o parlamentar, quero começar agradecendo pelos anos todos de convivência fraterna, pelas lições preciosas de sabedoria e vivência política, pela camaradagem e solidariedade nas horas de amargura e também pelo calor da amizade nas horas de alegria vividas em sete mandatos nesta Casa", exprimiu emociado.

O filho de Massapê destacou a boa imagem que a Casa tem mantido, apesar em meio à crise política e econômica. O Presidente da Assembleia ratificou a disposição de consertar alguns erros e falhas que possam cometido ao longo dos últimos quatro anos frente aquele Poder. "Amigos massapeenses, povo do Ceará, sobretudo queridos deputados, é isto o que eu posso oferecer em troca de meu humilde pedido pelos seus honrados votos, a mim não vai faltar equilíbrio, serenidade, administrar para todos, zelar pelo diálogo e pela paz em nosso Estado em um momento tão difícil do nosso País", manifestou.

Depois do fim da votação, e em meio à multidão, todos queriam ser clicados com o presidente da Assembleia. 

Finalmente, falando um pouco do perfil do novo presidente da Assembleia: Zezinho Albuquerque, cearense de Massapê, nasceu em 19 de março de 1966. Além de político, é empresário. Tem 7 mandatos seguidos. Foi eleito pela primeira vez em 1990, reeleito em 1994, 1998, 2002, 2006, 2010 e, em 2014. Foi 1º secretário, Foi eleito presidente para o biênio 2013-2014; reeleito novamente para o biênio 2015-2016; e, agora, eleito novamente para o biênio 2017-2018.

Chapa eleita biênio 2017-2018:
Presidente: Zezinho Albuquerque (PDT)
1º vice-presidente: Tin Gomes (PHS)
2º vice-presidente: Manoel Duca (PDT)
1ª secretário: Audic Mota (PMDB)
2º secretário: João Jaime (DEM)
3º secretário: Júlio César Filho (PDT)
4ª secretária: Augusta Brito (PCdoB)
1º suplente: Robério Monteiro (PDT)
2º suplente: Ferreira Aragão (PDT)
3º suplente: Bruno Pedrosa (PP)

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário