Segunda, 23 de Outubro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

24 de agosto de 2016

A GENTE TEM QUE TER LADO


Dia 02 de outubro, ou seja, daqui a 39 dias, será escolhido o futuro prefeito de Massapê. O eleitor pode escolher entre Antonio José Albuquerque e Jacques Albuquerque, sobrinho e tio na corrida, respectivamente. São dois prefeituráveis; onde um é atualmente prefeito e o outro já foi de 1989-1992.

Nas campanhas políticas, JACQUES x NILSON e JACQUES x JOÃO PONTES, ganhas por quatro vezes consecutivas  em cima do ex-prefeito Jacques Albuquerque; este último na disputa com o atual prefeito, sempre se presencia a forma como determinados eleitores se comportam em cima do muro.

Com um viés irônico - o pai dos sábios e não o pai dos burros - termo muito usado por este blogueiro junto aos nossos alunos, o dicionário define os muristas como as pessoas que não se decidem senão à última hora, quando a posição a ser tomada, já lhes são francamente favorável.

Em Massapê, como em muitas cidades do interior do estado do Ceará, deliberados eleitores, em até então, sem mostrar nenhum tipo de constrangimento, ficam “EM CIMA DO MURO” sem anunciar para que lado penderão. São excepcionais bajuladores e adeptos fervorosos do puxa-saquismo. É tipo de eleitor que chega para um lado e diz: “eu voto em você. Para o outro, diz a mesma coisa. Dá para confiar em gente assim”?

O problema é que o muro pode desabar a qualquer momento, não aguenta mais o peso dos oportunistas de plantão, que ficam esperando o resultado das urnas para dizer que votou no candidato a prefeito vitorioso.

Para mim - assim entendo - a verdade para se ter credibilidade, respeito e confiança, é preciso ter lado, e não alimentar um e outro para não ser denominado de calculista, cínico, hipócrita e desprovido de confiança. Entendo que aquele que age assim é digno de pena. 

Ninguém consegue agradar, concomitantemente, a dois, três e até quatro senhores. Podemos classificar os que ficam em cima do muro como prostitutas (com respeito, e muito respeito a elas) do processo eleitoral.

Eu tenho lado e não fico em cima do muro: é na política, é no esporte, é na religião, em quaisquer circunstâncias da vida. Quem me conhece, sabe!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário