Domingo, 20 de Agosto 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

5 de janeiro de 2016

POR ORÇAMENTOS, FLAMENGO SERÁ MAIS RICO QUE CORINTHIANS E GASTARÁ MENOS COM SALÁRIOS EM 2016

Clubes mais populares do Brasil e os que mais arrecadam com direitos de televisão, Flamengo e Corinthians terão anos distintos em 2016. Um é o atual campeão nacional e estará na Copa Libertadores, é verdade, mas é o outro que terá um ano mais próspero nas finanças.

Os números estão disponíveis nos orçamentos dos dois clubes, disponibilizados em seus respectivos sites oficiais. No documento do Flamengo, a previsão de receita líquida rubro-negra para 2016 é de R$ 395,8 milhões, enquanto o Corinthians projeta ter R$ 267,4 milhões para o ano.

A diferença será ainda maior, segundo as projeções, quando as despesas entram na balança. O Flamengo prevê um superávit de R$ 112 milhões contra R$ 3,87 milhões do orçamento do Corinthians.

O fato de ter receita superior, porém, não fará com que o Flamengo gaste mais do que o Corinthians com seus jogadores. Incluindo salários, direitos de imagem e amortizações, o clube alvinegro gastará R$ 203,4 milhões, enquanto os cariocas, R$ 119,2 milhões (R$ 112 mihões com os profissionais).

Na obtenção de receitas, parte da diferença vem das rendas de bilheteria, que o Corinthians destina integralmente para o fundo que pagará a construção da Arena - o Flamengo prevê um ganho de R$ 50 milhões no quesito. A verba de direitos de TV dos cariocas também será maior.

Alvo de críticas dos que apontam para o risco de "espanholização" do futebol brasileiro, a verba de televisão do Flamengo será de R$ 197,1 milhões, contra R$ 141,2 do Corinthians - nos dois casos, valores superiores aos recebidos em 2015 e acima também dos demais rivais.

O Corinthians tem pequena vantagem na receita proveniente de patrocínios de camisa. Com o contrato com a Nike e demais parceiros, o clube alvinegro terá receita de R$ 80 milhões, enquanto o orçamento do Flamengo prevê R$ 74,39 milhões com "patrocínio e publicidade".
Informações via MSN 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário