Quinta,14 de dezembro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

3 de junho de 2015

COM PERFIL FALSO, HOMEM ADCIONAVA GAROTAS, COMEÇAVA A CONVERSAR E DIZIA QUE COMO “GAROTA DE VIDA” GANHAVA DE R$ 800 a R$ 1 MIL POR PROGRAMA

Um homem de 26 anos foi preso pela Polícia Civil após manter perfil falso no Facebook e, através da rede social, atrair adolescentes para a prostituição. Ainda de acordo com a Delegacia de Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Niterói, ele foi pego em flagrante quando se preparava para cometer mais um crime.

X. fingia ser uma prostituta de luxo, mas, na vida real, trabalhava como auxiliar de serviços gerais. Ele adicionava as garotas, começava a conversar com elas e, durante o bate-papo, dizia que como "garota da vida" ganhava de R$ 800 a R$ 1 mil por programa. Garantia ainda que morava na Zona Sul de Niterói e tinha carro bacana.
(Meia Hora)
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário