Segunda, 21 de Agosto 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

6 de maio de 2015

DESORDEM E INTRANQUILIDADE DEIXAM MASSAPÊ VIOLENTA

Caro leitor do blog Massapê Indo e Voltando, antes de descrever o fato ocorrido e vivenciado pelo esposo de uma das secretárias do município de Massapê, permita-me fazer um preâmbulo: 

A violência continua fazendo suas vítimas em nosso Município. A população espera ansiosa às medidas de combate à criminalidade da Segurança Pública. Insistentemente, continuo na defesa incessante da salvaguarda da nossa gente. Entre a classe blogueira de Massapê, estou entre aqueles que mais defendem a ordem e a tranquilidade da população.

Infelizmente, as pessoas que transitam pelas ruas de nossa cidade, quem está sentado nas calçadas, quem está em seus estabelecimentos comerciais ou de quem esteja nas esquinas, sempre são abordadas por assaltantes que agem à luz do dia, sem dó e sem piedade.

Em Massapê, agora é assim: as pessoas estão evitando sair de casa à noite, com medo dos bandidos soltos, que atuam e agem livremente. Embora saibamos, e temos convicção disso, que a Polícia está trabalhando muito, apesar de não ter bola de cristal e não ser onipresente, o nosso contingente policial não é o suficiente, para uma população de 40 mil habitantes.

No entanto, é preciso uma ação imediata. Aqui, dirijo-me com muito apreço e respeito ao senhor Juiz de Direito da comarca de Massapê. Por sinal, temos dois magistrados e sabemos de suas competências e seus muitos atributos frente à nossa Comarca, onde um atua na área eleitoral, e o outro na dimensão cível e criminal. 

Mas, o que se ouve da população é assim: "só é preciso as autoridades judiciais chamarem o comando de policia de Massapê, tratarem o assunto minuciosamente,  apontarem quem são os verdadeiros traficantes, bandidos, aqueles que alugam ou vendem armas, em locais suspeitos. E ainda afirmam que a polícia deve saber de tudo. E, aí, o juiz decreta o mandato de prisão, faz um desarmamento geral, manda ordem de busca e apreensão, e pune severamente os culpados". 

Embora determinadas afirmações na cabeça das pessoas sejam pelo senso de impulsão ou emoção, principalmente quando sofrem ação meliante, mas o caminho deve começar por aí.  o certo é de que precisa ser feito alguma coisa. Assim, a população agradece e aplaude de pé, a quem fazer valer à cidade ficar tranquila.

Vamos relatar o assunto que deveria ter feito no início desta postagem. Ontem, dia 05 de maio, o relógio marcava 19h30, claro às sete e meia da noite. O senhor GERARDO LOPES FILHO, esposo da Secretária de Cultura de Massapê, Cristina Alves, encontrava-se na esquina do seu estabelecimento comercial, “Academia Corpo e Cia”, falando ao telefone com sua genitora. Nesse ínterim, foi abordado por dois bandidos pilotando uma moto Honda 125, de cor e placas não identificadas, ambos de capacetes, um deles de posse de um revólver foi logo pedindo o celular. Diante da ação delinquente, Gerardim ficou tão sobressaltado e nervoso, que em vez de entregar o telefone que estava usando, sua atitude foi de levar à mão ao bolso, como se o aparelho estivesse na sua calça. À frente da ação, e quando um dos bandidos apontou a arma em sua direção, a vítima deitou-se ao chão, usou a tática de se proteger, como uma vez lhe disseram.

Segundo seu relato, após ter ouvido os dois tiros, ele não sabe se foram para o alto ou à sua direção.

No final da sua ligação telefônica a este blogueiro, ele concluiu: "Graças a Deus estou contando a história pra você, e concluiu ontem não foi o meu dia".
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário