Domingo, 22 de Outubro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

15 de maio de 2015

DAS DECISÕES E RAZÕES DE SER DA POLÍTICA MASSAPEENSE


Um assunto foi preponderante e discutido nos últimos dias em rodas de conversas políticas espalhadas pelos quatro cantos do município de Massapê. Em redes sociais e após publicação detalhada aqui no blog Massapê Indo e Voltando.

O objeto ao qual me refiro trata da decisão do TSE - Tribunal Superior Eleitoral, instância máxima da Justiça Eleitoral brasileira que tem a competência de legislar sobre Direito Eleitoral - de ter decretado sentença penal condenatória, em desfavor de João Pontes Mota, Jilson Pontes Canuto, além de Fernando Antonio Marques e Coriolano Neto Lira Frota, deixando-os inelegíveis por oito anos.

Ao ler uma postagem do amigo Jorge Costa, intitulada: “NOMES NOVOS DO PSDB DEVERÃO DISPUTAR A PREFEITURA EM 2016”, quando chegou afirmar o trecho “depois da tão badalada condenação de 5 lideranças tucanas, impedindo-as, pelo menos momentaneamente”; não entendi o sentido do termo MOMENTANEAMENTE ao qual se referiu, em sua matéria.

Primeiro, a expressão é advérbio e indica tempo sem demora, o que contrasta à decisão do TSE, que limita um prazo longo, deixando-os inelegíveis por anos. Ou seja, com o julgamento da última instância eleitoral, não mais lhes cabem qualquer tipo de apelo ou recurso.

Até o presente momento, nenhum dos políticos condenados no processo nº 192- 98.2012.6.06.0045 se manifestou publicamente para seus amigos, correligionários e simpatizantes. Certamente, por ocasião da convenção municipal que se realizará neste sábado (16), eles deverão apresentar explicações fundamentadas no julgamento do TSE, aos seus eleitores.

A partir dessa convenção político-partidária da real oposição em Massapê - a ser realizada no Centro Social Massapeense, deverão ser alimentadas no seio tucano algumas conjecturas dos próximos passos a serem seguidos, com vistas às eleições do ano vindouro.

Uma coisa é certa: a eleição em Massapê é parada duríssima para oposição e situação. A menos do que se relembre sobre os resultados de 1988 e 2012, respectivamente, quando Jacques Albuquerque venceu Jilson Canuto por 837 sufrágios e Antonio José triunfou sobre Fernando Antonio com expressiva maioria de 1.078 votos.

Como em Massapê o povo gosta muito de política, principalmente os apaixonados de um lado e outro,  alguns já afirmam que o (a) candidato (a) do PSDB deverá ser a esposa do ex-prefeito João Pontes.

Segundo comentam, caso seja D. Beta, o ex-senador Luiz Pontes viria com “unhas e dentes”, expressão usada e inspirada em lutas da Antiguidade. Uma indicação que não seja da sua ramificação familiar, ou que seja qualquer nome daqui de Massapê, oportunizará a situação a dar mais um passeio, em 2016.

São comentários e opiniões de populares. Se a voz do povo é a voz de Deus, tirem as suas conclusões!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário