Terça, 17 de Outubro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

27 de outubro de 2014

EM MASSAPÊ, VIRA, VIROU! BARBA, CABELO E BIGODE! ANTONIO JOSÉ, ZEZINHO ALBUQUERQUE E O POVO DERAM UMA RESPOSTA ÀS OPOSIÇÕES JUNTAS E MISTURADAS

Ao analisarmos o resultado das eleições, em primeiro e segundo turnos, em Massapê, o prefeito Antonio José e Zezinho Albuquerque (PROS) saíram neste pleito mais fortes do que nunca. Com as vitórias proporcionais, ainda no primeiro turno, de Zezinho e Leônidas, ambos em primeiros lugares e, agora no segundo turno, as vitórias esmagadoras de Camilo e Dilma, pai e filho consolidam suas lideranças como os mais importantes políticos massapeenses da atualidade. E o que parece mais indicativo e real, é que Antonio José Albuquerque se credencia candidato a prefeito quase imbatível, em 2016. Juntos, completaram o serviço fazendo barba, cabelo e bigode, em cima das oposições juntas e misturadas.

Tanto é que, ao fazer seus agradecimentos em praça pública, em razão da majestosa vitória em cima das oposições, o prefeito Antonio José ironizou, ao dizer que, em Massapê, “água e óleo se misturaram”. Em referência e contraste à fórmula química de dois líquidos, que ao serem colocados num recipiente, eles não se misturam. Mas, em Massapê, segundo o prefeito, aconteceu essa "proeza inimaginável".

Aproveitando o grande momento pós-eleição, o site Massapê Indo e Voltando elenca nominalmente os nomes daqueles que fizeram parte do atual contexto político, e faz uma pequena análise obedecendo a seguinte ordem:

Fernando Antonio - Já se antecipando às eleições de 2016, e na ânsia da empolgação por ter dado boa votação ao candidato Moses, fez um apelo veemente, ao pedir votos para Eunício e Aécio. Conforme o site tomou conhecimento, para ele as vitórias de Eunício e Aécio o credenciavam principal candidato a prefeito em 2016. Não se sabe, ao certo, se a tese política de Fernando Antonio foi combinada com Jacques, Luiz Pontes, Jilson Canuto e Nilson Frota.

Jacques Albuquerque - conhecido nas redes sociais com o jargão “piscar de olho”, e certo que Eunício ganharia no segundo turno em sua terra natal, foi um dos oposicionistas mais ferrenhos que trabalharam para derrotar o sobrinho no município de Massapê. Um dos principais focos de Jacques era ver Antonio José rastejado politicamente para ganhar fôlego às eleições de 2016, justamente por ter se caracterizado uma das grandes lideranças dos últimos 25 anos. Sua aposta era “enfraquecer” o PROS, depois de desvencilhar-se do grupo político ao qual pertenceu por muitos anos. Entre essas e outras duras realidade, e em razão da pífia votação da sua candidata Gorete Pereira, em Massapê, Jacques tenha amargado uma grande derrota.

Jilsim, Cori e Nilson Frota - Como a eleição, em Massapê, foi uma das mais acirradas dos últimos anos, e em face à ruptura política na família Albuquerque, esse outro lado da oposição juntou-se de forma sintomática para derrotar o grupo de Antonio José e Zezinho. Juntos a Fernando Antonio, Nilson Frota, Cori, e Jilsim, estiveram aliados à Kélvya e Jacques, inclusive bateram fotos históricas, nunca imaginadas pelos eleitores. Entre os poucos movimentos realizados em prol das candidaturas de Eunício e Aécio, eles se compuseram para mostrarem “forças”, diante de eleitorado. E, aí, deu no que deu: a população da sede e distritos repudiou e desaprovou a “união política” por pura conveniência.  
  
Luiz Pontes - por sua vez, nestas eleições de dois turnos, Luiz Pontes foi uma figura apagada. Primeiro, seus candidatos a deputado estadual e federal foram decepcionados, face à insignificante votação recebida nas urnas, no primeiro turno. Segundo, perdeu lideranças que não votaram em Carlos Matos e Raimundo Gomes. Citamos, por exemplo, o próprio Fernando Antonio, derrotado nas eleições de 2012, votando em Moses Rodrigues, e Painha com o filho votando nos candidatos do prefeito. No segundo turno, Luiz Pontes andou pedindo votos para Eunício e Aécio. O resultado foi catastrófico. A população o repudiou nas urnas e, infelizmente, adoeceu ao final, chegando a parar no hospital, lamentavelmente!

Moisés e Auteri - Aliados ao grupo do prefeito Antonio José, o PT de Massapê, representado principalmente pelas lideranças Moisés Braz e Auteri Moura, deputado e vereador, respectivamente, juntos à sua militância foram o “divisor de águas” nestas eleições. Politicamente, o PT saiu muito fortalecido e deverá apontar o candidato a vice-prefeito de Antonio José nas eleições de 2016.

Zezinho Albuquerque – o grande maestro! Além de dar o tom da campanha com humildade e simplicidade, soube tocar o barco com espírito e lucidez. Não desanimou e foi em frente. Como falamos em postagens anteriores, Zezinho provou mais uma vez ser um político manso, sereno e soube lidar com a situação política. Entendemos que, para ele, a vida política é uma sucessão de sucessivas vitórias que se sucedem sucessivamente sem cessar. Tem logrado muitos êxitos na carreira política, desde que iniciou em 1990. É um grande vencedor e tem provado a cada eleição em que se submeteu à apreciação popular. Aprendeu muito coisa com a maior liderança política do Brasil, o extraordinário Cid Gomes, cujo administrador merece uma placa bem grande no estado, como maior articulador político e que não vem perdendo pra ninguém. Derrubou tudo e a todos que se juntaram contra ele. Basta ver o que fez com Roberto Cláudio, e agora como Camilo Santana.

Antonio José - de sua parte, o maior vencedor, terá todas as condições de cumprir a maioria das promessas enumeradas durante sua campanha de 2012. Aliado do governador eleito, Camilo Santana, e da presidente Dilma Rosseff, reeleita, e Massapê lhe conferindo a estrondosa votação a seus candidatos, certamente não lhe faltará projeto pra alavancar o crescimento do município, parado há anos.  Por tudo o que aconteceu, o caminho está pavimentado para o prefeito fazer um grande governo - como tem em mente - e manter a hegemonia política no município. Ademais, o resto é só vitória, vitória e vitória.

Pode comemorar Antonio José, pode comemorar Zezinho Albuquerque, enfim, massapeenses podem comemorar!

Para o site Massapê Indo e Voltando, essa é a síntese que melhor define o momento atual, pós-eleição, e o que pode se configurar nas próximas eleições municipais.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário