Quinta, 19 de Outubro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

17 de setembro de 2014

DADOS E INFORMAÇÕES DAS ELEIÇÕES 2014

Faltam pouco mais de 18 dezoito dias para o primeiro turno das eleições 2014 cujo pleito será realizado no próximo dia 5 de outubro, das 8h às 17h, horário de Brasília. Nesta data, 142.822.046 eleitores poderão escolher seus candidatos aos cargos de presidente e vice-presidente da República, governador, senador, deputado federal, deputado estadual ou deputado distrital.

A maior parte do eleitorado brasileiro é formada por mulheres, sendo 74.459.424 eleitoras (52,13%) contra 68.247.598 eleitores (47,79%). A maioria está localizada na região sudeste, que concentra 43,44% do total nacional.

O pleito contará com cerca de 530 mil urnas distribuídas em mais de 450 mil seções destinadas à recepção do voto, número que pode ser reduzido em razão de agregação de seções, caso o mínimo de 50 eleitores por seção não seja alcançado.

Aproximadamente 2,4 milhões de mesários, incluindo os voluntários, trabalharão nas eleições gerais em todos os municípios do país e nas seções de votação no exterior.
Em 2014, houve um crescimento de 76,75% dos eleitores que residem fora do Brasil. Eram 200.392 eleitores registrados no exterior em 2010, e este ano o número subiu para 354.184.

Voto em trânsito
Foram cadastrados para votar em trânsito no 1º turno das eleições presidenciais 84.418 eleitores. O TSE recebeu outros 79.513 registros em caso de um eventual 2º turno do pleito. São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais são os estados mais procurados pelos eleitores que vão votar fora de seu domicílio eleitoral.

Identificação biométrica
Nas eleições gerais de 2014, mais de 21 milhões de eleitores de 762 municípios brasileiros vão votar em urnas eletrônicas com leitores receptivos de impressões digitais, mais conhecidos como leitores biométricos. A biometria será realizada em todos os estados, mas apenas em Alagoas, Amapá, Sergipe e no Distrito Federal 100% dos eleitores estarão aptos a votar em urnas com identificação biométrica. A meta é que até 2018, todos os cidadãos do país sejam identificados por meio da biometria.
Fonte: TSE
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário