Quinta,14 de dezembro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

13 de agosto de 2014

MORRE CANDIDATO À PRESIDÊNCIA EDUARDO CAMPOS EM ACIDENTE DE AVIÃO

O candidato à Presidência da República Eduardo Campos (PSB) morreu em um acidente de avião em Santos na manhã desta quarta-feira. Conforme as informações, a candidata à vice-presidente na chapa do PSB, Marina Silva, não estava na aeronave. Porém, outras 6 pessoas também faleceram, 4 passageiros, o piloto do jato e o copiloto. 
Segundo o Corpo de Bombeiros, o acidente ocorreu por volta das 10h, em uma casa na altura do número 50 da Rua Vahia de Abreu, na esquina com a Rua Alexandre Herculano, no bairro do Boqueirão. Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo - chovia em Santos na hora.

Eduardo Campos nasceu em 10 de agosto de 1965, em Recife. O político se formou em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) aos 20 anos. Adentrou na política por influências muito próximas, como de seu avô e da sua mãe, e se tornou governador do seu estado e presidente do seu partido. Eduardo deixa a esposa e 5 filhos.

COINCIDÊNCIA TRÁGICA
Eduardo Campos morreu no mesmo dia que o avô, Miguel Arraes, em 13 de agosto. Miguel, nascido no município cearense de Araripe, também teve trajetória de sucesso na política, sendo governador do estado de Pernambuco por 3 vezes, deputado estadual e federal e prefeito da capital, Recife. Miguel faleceu em 2005, há exatos 9 anos.

O governador Cid Gomes estava em Juazeiro do Norte para a inauguração da primeira unidade do projeto Vapt Vupt, mas, ao saber da morte do ex-companheiro, pegou imediatamente um voo com destino a Fortaleza.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário