Quinta, 17 de Agosto 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

7 de agosto de 2014

EM REDE SOCIAL, CID GOMES REBATE CRÍTICAS FEITAS POR TASSO JEREISSATI

Respondendo a críticas do candidato do PSDB ao Senado, Tasso Jereissati, o governador Cid Gomes (Pros) afirmou nesta quinta-feira, 7, que índice de homicídios no Ceará "foi sempre crescente" durante a gestão do tucano. A crítica, publicada pelo governador em sua página do Facebook, segue afirmação de Tasso de que Segurança da atual gestão está “desmantelada.

O governador Cid Gomes (Pros) começou o dia nesta quinta prometendo resposta a "críticas ranzinzas" que recebeu - através de matéria do O POVO - do ex-aliado e candidato a senador Tasso Jereissati. Na última quarta, o tucano fez diversas críticas a atual gestão. Reação aos ataques ocorreu por meio do Facebook, em publicações a partir das 12h.

Logo após afirmar que índice de homicídios "foi sempre crescente" durante a gestão Tasso, Cid passou a comparar ações de sua gestão e da administração tucana na Segurança. Primeiro, ele publicou imagem do Coordenadoria Integrada de Operações Policiais (Ciops), inaugurada durante o governo Tasso. Depois, publicou imagens de três Centros Integrados de Comando e Controle Regional (CICCR) e duas unidades móveis concluídas em sua gestão.

Cid Gomes comentou ainda sobre a declaração de Tasso de que, "sem o Castanhão", o Ceará estaria sem água. "Será que ele está querendo assumir a paternidade do Castanhão? Relembrando: quem deu ordem de serviço do Castanhão, pelo menos formalmente e sob protesto do ex-governador, foi Paes de Andrade, então Presidente da Câmara no exercício da Presidência", disse, Paes de Andrade é sogro de Eunício Oliveira (PMDB), candidato que disputa contra Camilo Santana (PT) neste ano.

Cid finalizou afirmando que, durante sua gestão, foram gerados 349.416 empregos com carteira assinada. "Mais que o triplo dos 12 anos do ex-governador", disse, afirmando ainda que sua gestão construiu 102 escolas profissionalizantes. "Não tenho registro de nenhuma escola profissionalizante feita pelo ex-governador", disse.

Ataques de Tasso ocorreram pela manhã da quarta, em bate-papo online com eleitores. “Na época que fui governador procurei os melhores especialistas, contratamos um consultor. Ele fez um bom trabalho de planejamento, onde a ideia era de uma polícia com sistema de informação, com integração; e hoje estamos no sentido contrário disso", disse Jereissati.

No mesmo bate-papo, Tasso ainda fez críticas a obras de recursos hídricos. "Lamentando" atraso de ações como da transposição do São Francisco, o candidato atribuiu questão a "falta de iniciativa" dos governos Estadual e Federal.
Via o Povo
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário