Sábado, 21 de Outubro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

25 de março de 2014

MATARAM A SEGURANÇA EM MASSAPÊ, QUE ESTÁ SEM LEI, SEM ORDEM E SEM TRANQUILIDADE



Inicialmente, antes de tratar do assunto ao qual quero relatar, gostaria dizer que desde o primeiro dia que cheguei a Massapê, em meados de 1988, e aí já se vão 26 anos, encantei-me por esta cidade e pelas pessoas. Sempre foi meu destino por excelência e algo sempre me puxava para cá. Sei que aqui existem homens sérios, pessoas trabalhadoras e honestas. Sei que aqui somos abençoados por Deus e tenho a certeza de que é possível com a boa vontade e coragem de todos que amam essa terra, um dia, quem sabe, façamos  de nossa cidade  um pedacinho do céu.

Eu espero, tu esperas, ele (a) espera, nós esperamos, vós esperais, eles (as) esperam. Mais uma vez este portal de informação, ‘O MASSAPÊ INDO E VOLTANDO’, canal de enfoques e notícias para todos os massapeenses, o Ceará, o Brasil e Mundo, vão ler um assunto já debatido aqui em outras postagens. 

Antes de entrar no tema propriamente dito, ao final desta matéria, você vai assistir ao pequeno filme do roubo da Farmácia Lucília, acontecido dia 22, sábado próximo passado, regravado no celular, hoje pela manhã, via circuito interno, e cedido gentilmente ao nosso site pelo proprietário Adilsim.   

Entra ano, sai ano e a história sempre se repete: insegurança e violência escancaradas. A população e especificamente os comerciantes continuam revoltados e impotentes! Qual a novidade? A novidade é que essa triste rotina está deixando sem opções para todos, onde os habitantes estão com medo e a segurança pública não existe há muito tempo. Acabou a época de ficarmos conversando com os vizinhos, ao amanhecer, ao entardecer e ao anoitecer, em frente aos portões de nossas casas. 

Em nosso município, acabou a época de deixarmos portas e janelas abertas mesmo no calor do verão - já que não existe inverno - pois a bandidagem age mais do que os infelizes mosquitos, moscas e muriçocas: roubos, assaltos, arrombos e tiroteios. Massapê está nas páginas policiais nos jornais, nas rádios, nos sites e blogs. Quadrilhas, bandos e gangues espalhados pelos bairros da cidade e pela zona rural. 

Culpa de quem? Nossa? Das autoridades? Sim, de todos nós! Somos um povo que apenas ficamos nos discursos, nas falácias. Somos um povo que finge para tudo e para todos. Com isso, faz-me  lembrar dois pensamentos que aprendi na Faculdade: Máximas que carrego até hoje: “É melhor ser brutalmente sincero do que sincero fingido”. “Errar é aprender e com certeza não há melhor guia para êxito, do que as lições ensinadas pelos próprios erros”.

Por isso, eu, você, nós somos culpados quando fingimos não vermos nada. É culpado quando vê um pequeno delito ser cometido e nada faz, é culpado quando compra algo “baratinho” de um conhecido ou desconhecido não sabendo a origem do produto. É culpado por defender seu filho mesmo quando ele na rua e escola faz pequenas transgressões. É culpado quando seus filhos consomem entorpecentes e substâncias ilícitas achando que está tudo bem. 

Poderia, inclusive, sem parar, inúmeros motivos para todos serem culpados, mas afirmo que a maior parte dos crimes acontece porque assistimos e nada fazemos. E tem mais, com o maior respeito à pessoa responsável por estes núcleos de recuperação (casas), oriundos no mundo da droga, dentro da cidade e lá na Canafístula. Depois que veio para o nosso município, parte dessa gente mudou para melhor, isso não tenho dúvida! Mas a grande maioria não mudou em nada. Pelo contrário, alguns jovens que vieram de outras plagras, não mudaram e nem se recuperaram em nada. Já ouvi, inclusive, um relato deste de uma mãe de família, em meu estabelecimento comercial que eles poderiam estar agindo entre tantos meliantes. 

Tudo coopera para o descaso que estamos vivenciando nos dias de hoje em Massapê. Para se ter um exemplo da insegurança, basta citar alguns episódios vividos pela população. Somente nos dois últimos meses, para não se falar nos demais exemplos, houve assaltos seguidos de roubos, ao comércio José Araújo, Loja Flávio Celulares, Loja Messias Variedades, Comércio do Adahil, uma lanchonete da Praça São Francisco, arrombamento na loja Deally Fardamentos, Posto Avenida II, Farmácias Nova, Menor Preço e Lucília. Neste exato momento desta postagem, chega-nos à informação, via telefone, de que a Beth Boutique, Armazém Chico Marques, além do Dr. Evaldo, casado com a filha do Sr. Edmilson Marques, também foram assaltados na manhã desta terça-feira (25).  Ou seja, o caos se instalou em Massapê, cuja população está atônita, tensa e muito preocupada. 

A gente não pode obscurecer os bons policiais trabalhando duro para cumprir a lei e a ordem, enquanto a “Justiça” releva essa aberração permitindo a soltura de criminosos! Onde vamos parar? Estamos no fundo do poço e todos assistem à escalada de violência, e desnorteados têm olhares impotentes diante de tanto descaso e conivência criminosa.

Enfim, o cenário descrito acima constitui um enorme obstáculo aos comerciantes de Massapê e distritos. Ou seja, a ausência de instituições públicas confiáves e uma sociedade civil muito frágil, levam, às vezes, as pessoas resolverem os problemas de segurança à base da força, como aconteceu no distrito de Salgadinho, à distância de 2 ou 3 kms da cidade. Quando uma população furiosa meteu a surra e muita peia em dois indivíduos que haviam tomado uma moto de assalto e se preparavam para cometer assaltos naquela localidade.

Já pensou se acontecesse no Brasil o que ocorre em países árabes? As autoridades iranianas agem da seguinte forma: quando uma mão se habitua ao roubo e a fazer mal às pessoas, ela é cortada. Se continuar agindo com a outra, também é decepada. Assim, acabariam de uma vez os assaltos, os roubos, os arrombamentos e os assassinatos.
video

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

3 comentários:

  1. Parabéns pela postagem!
    Pena estarmos vivendo situação tão delicada!

    ResponderExcluir
  2. https://scontent-a-gru.xx.fbcdn.net/hphotos-prn2/t1.0-9/s526x395/1545146_449474858507801_1943968320_n.jpg

    ResponderExcluir
  3. https://www.facebook.com/photo.php?fbid=449474548507832&set=a.449474305174523.1073741832.100003358723070&type=1&relevant_count=1

    ResponderExcluir