Quarta,13 de dezembro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

7 de janeiro de 2014

SUCESSÃO ESTADUAL ABRE NOVO CONFLITO ENTRE PROS E PMDB

O jogo duro da sucessão estadual ganha novos rumos nos primeiro dias de 2014. Declarações de lideranças nacionais e estaduais do PMDB e do Pros (Partido Republicano da Ordem Social) – siglas aliadas no plano estadual, colocam em conflito direto e expõem divergências entre aliados do governador Cid Gomes. O estopim de uma guerra está deflagrado.

O presidente nacional do PROS, Euripedes Junior, disse que o Ceará o partido não abre mão de candidatura própria ao Governo do Estado. As palavras do presidente do PROS reforçam o pensamento e as declarações do ex-ministro, ex-governador e atual secretário estadual de Saúde, Ciro Gomes. Ciro chegou a dizer em diferentes ocasiões que, em termos de sucessão do irmão, Cid, o grupo não abre mão de lançar um candidato do próprio partido. 

As expressões fortes e contundentes deixaram insatisfeitos dirigentes regionais e nacionais do PMDB que aguardavam o apoio dos irmãos Cid e Ciro Gomes à candidatura do senador Eunício Oliveira. Sem meio termo, diante do novo cenário, que é marcado pelo conflito na base de apoio ao governador Cid Gomes, o presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp, mandou o recado: Eunício Oliveira será candidato a governador com ou sem o apoio do PROS. É, assim, com temperatura nas alturas, que começa o debate pré-eleitoral em 2014. (Ceará agora)
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário