Terça,12 de dezembro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

26 de julho de 2013

CEARENSES DEMONSTRAM POUCO INTERESSE EM VOTAREM NA ELEIÇÃO DE 2014

O Ibope publicou em seu site, pesquisa que realizou no Ceará, entre os dias 13 e 16 de julho, com 812 eleitores sobre a disputa pelo Governo do Estado e o Senado, nas eleições do próximo ano. Segundo o relatório tornado público, 69% dos cearenses afirmam não saber “ainda em quem votar. Outros 17% afirmam que votariam em branco ou nulo”.
 
“Na pesquisa estimulada, Tasso Jereissati aparece com vantagem nas simulações testadas para o Governo do Estado e Senado”. Nessa parte, na qual são apresentados os nomes de possíveis candidatos ao entrevistado, o percentual de cearenses indecisos é significativamente menor do que na pergunta espontânea”

Espontaneamente na disputa para o Governo do Estado, diz o Ibope, o nome com maior percentual de menções, embora ele não possa mais ser candidato à reeleição, por já estar no segundo mandato, é o do governador Cid Gomes (6%), seguido de Domingos Filho, Eunício Oliveira, Tasso Jereissati, Heitor Férrer e Luizianne Lins, todos com 1% de intenções de voto. “Os demais possíveis candidatos, apesar de citados não somam 1% das menções”, aponta o relatório.

O Ibope criou vários cenários, tanto para governador quanto para senador. Em relação ao Governo do Estado Tasso Jereissati venceria com qualquer dos candidatos apresentados, com uma ampla vantagem. Sem o nome de Tasso, Eunício Oliveira venceria Domingos Filho, Mauro Filho e Leônidas Cristino, com uma ampla diferença de votos.

Em relação ao Senado, Tasso (43% ) venceria Inácio Arruda (19%), Heitor Férrer (18%) e José Guimarães (5%). E no segundo cenário, ganharia de Inácio Arruda (19%), Heitor Férrer (18%) e Luizianne Lins (4%).

Pela pesquisa, o apoio do ex-presidente Lula é o que mais favorece a um candidato no Ceará. Em segundo lugar em apoio está a presidente Dilma, ficando o governador Cid Gomes no terceiro lugar e Ciro Gomes em quarto. No momento, 52% do eleitorado cearense tem pouco ou nenhum interesse sobre as eleições do próximo ano. (Por Edison Silva)
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário