Quarta, 18 de Outubro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

26 de julho de 2013

APÓS SER INDICADO DESEMBARGADOR DO (TJ-CE) PELO GOVERNADOR CID GOMES, DR. PAULO AIRTON ALBUQUERQUE CONCEDE ENTREVISTA AO JORNAL O POVO

O advogado manifestou satisfação em ter sido escolhido e prometeu honrar a confiança com a indicação para vaga na cúpula do Poder Judiciário do Ceará. Primo do presidente da Assembleia Legislativa, ele considera que o parentesco não pesou na opção feita pelo governador Cid Gomes

O advogado Paulo Airton Albuquerque foi oficializado na manhã de ontem pelo governador Cid Gomes (PSB) como indicado para vaga no Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE). A vaga é destinada a membros da advocacia, pelo critério do quinto constitucional. A escolha já havia sido feita na quarta-feira e foi noticiada ontem pelo O POVO. Mas apenas ontem foi feito o comunicado oficial ao presidente do TJ-CE, desembargador Luiz Gerardo de Pontes Brígido.

O advogado já foi convocado a se apresentar ao Tribunal na próxima segunda-feira, 29. “Assumo esse cargo com muita satisfação, e irei honrar a confiança que me foi concedida”, disse Paulo Airton ao O POVO.

O advogado é primo do presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Zezinho Albuquerque (PSB), um dos mais importantes aliados e operadores políticos do governador. Todavia, segundo Albuquerque, esse parentesco não o privilegiou na escolha para o cargo. “Eu gostaria de ser irmão e não primo dele, mais a minha escolha para o cargo não tem nada ver em ser parente dele”, disse, sobre Zezinho.

Indicação
Para se tornar magistrado, ele percorreu várias etapas de seleção, em diversas esferas. Primeiro, participou de eleição na qual votaram3.802 advogados de todo o Ceará, na qual foram escolhidos 12 entre os 21 candidatos. Nessa fase, Albuquerque foi o segundo mais votado, atrás de Gina Pompeu.

A listagem definida pela base da categoria seguiu para o conselho seccional da Ordem dos Advogados do Brasil no Ceará (OAB-CE), onde os concorrentes foram sabatinados. Nessa etapa, os 12 nomes foram reduzidos para seis. Albuquerque foi o quinto, enquanto o mais votado foi Cid Marconi.

Coube ao TJ-CE reduzir os seis nomes à lista tríplice dentre a qual coube ao governador Cid Gomes fazer sua opção. Nessa fase, Gina voltou a ser a mais votada, enquanto Albuquerque e Virgílio Maia empataram na segunda colocação.

Paulo Albuquerque, natural de Massapê, ocupará a vaga aberta com a aposentadoria compulsória do desembargador Ernani Barreira Porto.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário