Sábado, 21 de Outubro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

3 de maio de 2013

IRMÃOS GRENDENE DEIXAM CARGOS DE COMANDO DA COMPANHIA

Irmãos Grendene e Gisele Bündchen, garota propaganda da marca
Após 42 anos no comando da Grendene, os irmãos gêmeos Alexandre e Pedro Grendene anunciaram ontem que deixaram a presidência e vice-presidência, respectivamente, da fabricante de calçados. Os acionistas, ambos com 63 anos, permanecerão no conselho de administração, ocupando os dois principais cargos.

O novo presidente é o engenheiro Rudimar Dall'Onder, 56 anos, que há três décadas trabalha na Grendene e, até então, era o diretor-operacional da empresa. "Não haverá mudanças. O grupo está muito afinado nos negócios e vem entregando resultados, não vejo razão para mudanças", disse o novo presidente da companhia ao Valor Econômico.O cargo de vice-presidente será ocupado por Gelson Luis Rostirolla, ex-diretor das áreas administrativa, controladoria e financeira. Rostirolla também está na Grendene há 30 anos.

Os irmãos Grendene deixam o dia a dia do negócio em um momento em que a fabricante de calçados passa por uma boa fase. A empresa encerrou o primeiro trimestre com um lucro líquido de R$ 102,3 milhões, um crescimento de 24,7% em relação ao mesmo período do ano passado. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) atingiu R$ 98,1 milhões, alta de 55,3%.

Outro fator que tem contribuído para o bom desempenho da empresa é que a Grendene tem conseguido trocar rapidamente no varejo os modelos de sapatos que não estão sendo bem aceitos pelos consumidores. "Investimos em design moderno até para concorrer com os chineses. Um calçado chinês leva cerca de 75 dias para chegar ao Brasil, tempo suficiente para mudar a moda".
Fonte: exame.abril.com.br
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário