Sexta,15 de dezembro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

24 de abril de 2013

VIOLÊNCIA EM MASSAPÊ: ESPERAMOS AÇÃO ALIADA À PRATICA

A explosão de violência em roubos e assaltos vivida ultimamente, em Massapê, tem deixado a população bastante preocupada e atônita. O sentimento de impunidade e a falta de ação das nossas autoridades são provas palpáveis do descrédito dos moradores, em detrimento a tudo que vem acontecendo.

Constantemente, o blog tem ouvido relato de pessoas, principalmente de comerciantes vítimas da ação dos meliantes, reclamando da insegurança e, que segundo eles, está faltando “pulso forte” dos nossos representantes, essencialmente o Judiciário. Alguns citam o nome de Dr. Fernando Teles de Paula Lima, juiz criterioso e enérgico em relação à bandidagem.

Como citei em postagem anterior, intitulada ‘CENÁRIO DE DESAFIOS E PREOCUPAÇÕES’ a população exige providências e respostas imediatas à cultura da violência gerada em nosso município que, há pouco tempo atrás, não se via acontecer na cidade de Massapê.

Por incrível que pareça, coincidência ou não, após a publicação da matéria a qual me referi, vi no blog do amigo Carlinhos Albuquerque - por sinal aqui na cidade leio as postagens dele, do Adrian e Jorge Costa, assim não tenho dúvidas há a mesma reciprocidade em relação ao nosso portal de informação - quando ele postou matéria sobre a convocação do juiz da cidade para uma reunião de emergência para tratar da violência.

A que me parece a referida reunião não teve muito ressonância porque só uma parte de segmento da sociedade massapeeese teve acesso às informações pautadas durante o encontro. Além de representantes da promotoria pública, da polícia, dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, deveriam ter sido convocadas as demais instituições como igrejas, escolas, conselho tutelar, mídia, associações, representantes de bairros, enfim que todos pudessem debater de forma coletiva para as providências necessárias.

Um dos direitos fundamentais do cidadão é o de ir e vir a qualquer lugar, e ter segurança garantida na Constituição, o que infelizmente não estamos tendo. Esperamos nos próximos debates, ainda não se sabe quando, que seja fortalecida a teoria aliada à pratica e que não fiquemos só de conversa entre quatro paredes, ou se não vamos ter de vivenciar as mesmas cenas vividas nas grandes capitais vistas em programas de televisão.

Enfim, esperamos a ação de todos. Não temos tempo a perder!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário