Quarta,13 de dezembro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

6 de março de 2013

APÓS 20 MESES, PRESIDENTE PERDE A LUTA CONTRA O CÂNCER E ESQUERDA FICA SEM SEU LÍDER

Venezuela -  Após 20 meses de luta, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, 58 anos, foi vencido pelo câncer na região pélvica. Ele não resistiu à última cirurgia, realizada em Cuba, em dezembro, e morreu ontem, em Caracas, às 16h25 (hora local). Ele regressara de Cuba há pouco mais de duas semanas. Em cadeia nacional de TV, a morte foi anunciada pelo vice-presidente, Nicolás Maduro, direto do hospital militar em que Chávez estava internado.

“Chávez deixa como herança uma pátria livre e independente. Temos que crescer nesta dor. Comandante Chávez, obrigado por tudo o que fez por este povo. Pedimos que nossa dor seja canalizada em paz, com tranquilidade. Convocamos todos os venezuelanos a ser vigilantes da paz, do respeito, da tranquilidade desta pátria. Transmitimos a seus familiares e a todo povo nossa dor nesta tragédia histórica”, declarou.

“Os que morrem pela vida não podem ser chamados de mortos. Honra e glória para Chávez, que viva para sempre”, concluiu Maduro, chorando. “Mil vezes obrigado. À frente, sempre!”, escreveu no Twitter María Virginia, filha de Chávez. O funeral começa na sexta. Foi decretado luto oficial de sete dias: escolas e repartições ficarão fechadas.

NOVAS ELEIÇÕES EM ATÉ 30 DIAS - A morte joga o país na incerteza. Chávez fora reeleito presidente em outubro, e não chegou a tomar posse. Maduro ficou à frente do país. Agora, a constituição obriga o presidente da Assembleia Nacional, Diosdado Cabello, a assumir o cargo e convocar eleições em até 30 dias. Analistas dizem que Chávez só teria se preocupado em indicar Maduro como herdeiro político quando já não podia mais esconder a doença. (Com informações O Dia Online)

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário