Quinta, 17 de Agosto 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

28 de fevereiro de 2013

CID GOMES ADMITE DEIXAR PSB E JÁ É “CORTEJADO” POR VÁRIOS PARTIDOS, INCLUSIVE O PT

“A mera possibilidade levantada pelo governador Cid Gomes (PSB) de deixar o PSB já foi bastante para causar rebuliço no cenário político cearense. Na Assembleia Legislativa, deputados de ao menos três partidos admitiram “receber” Cid caso ele venha a abandonar sua atual legenda. Os convites também se estenderam ao ex-ministro Ciro Gomes (PSB), irmão do governador.

Em entrevista ao jornal O Globo, Cid admitiu abandonar o PSB junto com o irmão, caso haja a imposição da candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), à Presidência da República em 2014. “Sou forçado a pensar sobre isso. Se for uma decisão democrática, tomada por todo o partido de forma majoritária, sem imposição, é uma coisa; se não, eu me sinto obrigado a deixar o partido”, disse.


Acolhimento

A possível debandada do PSB causou rebuliço na Assembleia, provocando inclusive ataques da base aliada a Eduardo Campos. “Ele é muito mais neto do Miguel Arraes (ex-governador de Pernambuco, falecido avô de Eduardo Campos) do que governador. É só se perguntar: quem tem mais estrada política, Campos ou Ciro Gomes? É claro que é o Ciro, mil vezes”, diz Carlomano Marques (PMDB). O peemedebista disse ainda que Ciro só não é presidente da República porque “é teimoso e não veio para o PMDB”.


Deputados do PSD, um dos partidos mais alinhados com Cid Gomes no Estado, reagiram com otimismo diante da possibilidade de o partido vir a “acolher” o governador. “Seria uma grande alegria para o partido. Todos adoraríamos uma liderança como a do Cid para o partido”, diz o líder do PSB na Casa, Osmar Baquit. Até mesmo deputados do PT, partido atualmente rompido com o governador no âmbito de Fortaleza, não descartaram a possibilidade de virem a receber Cid. “Não posso falar pelo partido, pois ele tem instâncias internas, mas não vejo qualquer problema na filiação do Cid”, diz a líder do PT na Assembleia, Rachel Marques. (Com informações O Povo)
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário