Quinta,14 de dezembro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

12 de setembro de 2012

DE CORONEL PARA GENERAL

Consta que em outubro de 1979 o ex-prefeito de Massapê Francisco Lopes de Aguiar – o coronel Chico Lopes, como gostava de ser tratado, (patente outorgada pela vã filosofia), que elegeu seu sucessor o prefeito Beto Lira (1977 a 1982), agendou encontro no Palácio do Planalto em Brasília, com o então presidente da República, o general João Baptista de Oliveira Figueiredo. Evidentemente que, ciceroneado pelo governador do Ceará - coronel Virgílio Távora, o histórico encontro presidencial se tornou possível, dada à estreita relação de amizade entre ambos. Aliás, é bom que se diga que “coronel” Chico Lopes tinha passe livre no Palácio do Governo cearense, notadamente com os governadores: coronel César Cals (1971/1975), coronel Adauto Bezerra (1975/1978) e o próprio coronel Virgílio Távora (1979/1982). O governador cearense ao apresentar Chico Lopes ao presidente da República o fez da seguinte forma:
- General Figueiredo, eu tenho a honra de apresentar a Vossa Excelência, o meu amigo pessoal, ex-prefeito de Massapê, no Ceará, o coronel Chico Lopes!
- Muito prazer coronel! Sua patente é da Polícia Militar ou é do Exército? – perguntou o presidente.
- Minha patente é, é... - titubeou Chico Lopes com o olhar em direção ao seu padrinho o coronel Virgílio Távora, que vendo o amigo em apuros, emendou:
- É do povo, presidente!!!
Do livro: Estórias & Casos com Causos & Histórias de Massapê – autor: Ferreirinha.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

  1. gostei, muito bom aldenis fernades, um ressaltar a memoria politica de nosso massape
    att, francisco jose

    ResponderExcluir
  2. Sou Neto do Sr Gabriel Lopes (irmão do Chico Lopes). Matéria muita boa, ressalta a importância da família na história do município de massapê, história política essa, que ainda não terminou, brevemente teremos novos capítulos.

    ResponderExcluir