Sábado, 21 de Outubro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

6 de agosto de 2012

PUNHALADA PELAS COSTAS

A seguir, uma crônica chegada ao blog Massapê Indo e Voltando, via e-mail, escrita pelo historiador e artista plástico Ferrerinha da cidade de Massapê:
Nos dias 03, 04 e 05 de agosto de 2012, a afiliada estadual da Rede Record de Televisão, a TV Cidade, esteve em Massapê registrando os pontos turístico, cultural e histórico do nosso centenário município, que exibe nos seus casarões, forte influência da Coroa Portuguesa, no que diz respeito à arquitetura Colonial, pois, a tradição da nossa cidade está intimamente correlacionada com a história do Brasil. A matéria, que será veiculada na programação da emissora, irá ao ar oportunamente em setembro. No primeiro dia de uma série de reportagens, o meu colega e amigo, o artista plástico octogenário Francisco das Chagas Oliveira – o Chico da Santa, foi abordado pela equipe da referida TV, que estava acompanhada do amigo Tremal,  ocasião que foi feita uma matéria junto ao santuário Nossa Senhora de Fátima e escultura homônima – a jóia rara das centenas de obras de artes feitas Brasil afora, pelo nosso (orgulhosamente)  escultor massapeense de renome nacional, precursor na arte de esculpir em árvore viva sem danificá-la. A Secretaria de Cultura, Juventude, Turismo e Desporto de Massapê, bem como, o prefeito João Pontes e seu vice, o meu amigo Gilson Canuto, têm conhecimento, há mais de três anos, da existência da Galeria de Artes & Antiquário de Massapê, localizada na travessa José Amâncio de Albuquerque, nº 667, Alto da Cadeia – um espaço artístico, educacional, cultural e histórico, com oficina de artes e ateliê, que abriga a sede da Associação de Desenvolvimento Cultural de Massapê Expedito Galinha D’água, (nome fantasia Chitão dos Pobres de Massapê), local este, distribuído em uma área física de 180 metros quadrados, com visitação pública inteiramente gratuita, contendo no seu acervo, duzentos e trinta e oito itens catalogados (esculturas autorais e utensílios raros), além da mini biblioteca, do registro fotográfico histórico e de um oratório. Penso que, por motivo político-partidário, os senhores gestores do nosso município, ignoraram tão relevante serviço prestado à nossa cultura regional, (de má fé ou não), preferindo acreditar na segunda assertiva. A verdade é que, com a interseção do Chico da Santa e da minha filha Camila, a equipe de TV não visitou minha galeria de artes, com o simples pretexto de agenda lotada, face aos compromissos firmados com a secretaria de Cultura. Em sentido figurativo, confesso demasiadamente, que, por motivo torpe e de vingança também, senti-me apunhalado culturalmente pelas costas, sem direito de defesa e, diga-se de passagem, com uma arma branca totalmente enferrujada, que encravou na coluna vertebral, causando-me tétano e perda de função motora com sequelas irreversíveis, daí o justificado título dessa matéria. Reprovável atitude, é, sem sombra de dúvidas, o retrato de um total desserviço em prol da preservação e manutenção da nossa pobre e rica, ou rica e pobre cultura, como queiram interpretar. Quiçá, fosse um prostíbulo de 5ª categoria, com mulheres de “vida fácil” (?) de 3ª classe, a mídia televisiva cearense teria dado ênfase, pois, o que se vê comumente na maioria dos televisores do Brasil, é um excremento ótico nauseabundo, imposto aos desprovidos telespectadores, em detrimento da educação, da cultura, da moral e dos bons costumes da nossa sociedade.
Ferreirinha, artista plástico e historiador. 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário:

  1. Ao Sr. Ferrerinha:não o conheço pessoalmente, mas gostaria pabenizar pelos excelentes artigos e crônicas postados no blog do Aldênis Fernandes. Você é um excelente artista plástico e um belo historiador. O seu artigo é uma constatação que essa gente aí de seu municipio não valoriza a cultura e muito menos dá valor a prata da casa. Inclusive, quero dizer que já vi algumas esculturas trabalhadas por você, aqui nesse local.

    ResponderExcluir