Quarta, 16 de Agosto 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

26 de abril de 2012

ESTATÍSTICAS REALIZADAS PELO TSE MOSTRAM AS FAIXAS DE ELEITORES QUE SÃO ALFABETIZADOS

O eleitorado cearense ainda apresenta um baixo nível de escolaridade. Isso é o que revelam as estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com os dados atualizados até março deste ano. O índice de eleitores analfabetos é superior à média nacional, acontecendo o mesmo em relação aos que se enquadram na faixa "lê e escreve".

Enquanto que no Brasil a porcentagem de eleitores analfabetos chega a 5,7% do eleitorado, no Ceará é de 9,72% o índice de eleitores cadastrados como analfabetos. Na faixa denominada "lê e escreve", o TSE registra um índice de 13,71% inscritos no Brasil, enquanto que no Ceará 23,83% do eleitorado se encontram nessa situação.

Revelam ainda os dados do TSE que do total de eleitores existentes no Brasil 4,37% têm nível superior completo e 3,02% têm nível superior incompleto. No Ceará, a quantidade de eleitores com superior completo corresponde a 2.06% do eleitorado e com o nível superior incompleto chega a 1.48% do eleitorado.

Quantitativo
Em março deste ano, de conformidade com os dados divulgado pelo TSE no seu portal na Internet, o Ceará contava com 6.029.972 de eleitores. Fortaleza concentra 26,359% desse eleitorado com 1.589.418 eleitores inscritos. Com mais de 100.000 eleitores, além de Fortaleza, constam apenas quatro municípios: Caucaia com 187.356 eleitores, Juazeiro do Norte com 161.199, Maracanaú com 141.466 e Sobral com 128.348 eleitores.

Apenas 11 municípios contam com mais de 50.000 e menos de 100.000 eleitores, sendo eles Crato, Itapipoca, Maranguape, Iguatu, Crateús, Morada Nova, Canindé, Quixadá, Quixeramobim, Icó e Aracati. Os 10 municípios cearenses com maior número de eleitores, incluindo a capital, concentram 42,584% do eleitorado cearense.
Com informação do TSE via DN
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário