Sábado,16 de dezembro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

24 de março de 2012

CASO DE PEDOFILIA EM TAPERA BAIXA: POLÍTICO MASSAPEENSE TERIA SOLICITADO À FAMÍLIA A RETIRAR QUEIXA DA JUSTIÇA


As falsas informações e o viés político já tomaram conta do caso. A prefeitura anunciou que a própria secretaria de educação havia encaminhado o caso para a delegacia, informação puramente fantasiosa. O pai ao presenciar o fato procurou a delegacia de polícia para prestar queixa contra o autor do abuso, que é professor da criança.

A escola foi comunicada pelo pai, mas não tomou nenhuma medida e poço deu atenção ao mesmo, então, teve que retirar a filha da escolha e ser transferida para morar temporariamente em outro local, violando assim o direito da criança estudar, já que o acusado continuava dando aula na escola do município em Tapera Baixa. Apesar tudo isso o acusado ainda ameaçava o pai da vítima.

Em casos dessa natureza o direito a educação da criança não pode ser violado, o acusado mesmo que prove sua inocência deve ser afastado até que se apurem os fatos. E isso ainda não havia acontecido. Somente hoje, depois que divulgamos essa trágica notícia algumas medidas foram adotadas pela secretaria de educação, afastando o acusado da sala de aula por 60 dias. Temos informação de que ele é professor de uma escola estadual na sede de Massapê e que seria afastado também, mas não sabemos por qual período.

Como se não bastasse à dor da família, ainda surge um político massapeenses com coragem de solicitar a família da vítima que retirasse a queixa (estamos aguardando autorização de nossa fonte para podermos divulgar o nome de tal figura). Porém, na mesma ocasião este individuo ouviu como resposta do pai a seguinte frase: “não descansarei até que a justiça seja feita”.

Segredo de justiça do caso

O blog mais uma vez sofreu ataques insultuosos por parte da prefeitura de Massapê devido a divulgação do caso, porém, sempre deixei claro que pouco me importo com os desmando ou com as pessoas que o prefeito paga para me atacar.

Entendo e tenho pleno conhecimento sobre o que é “segredo de justiça”, com base nisso gostaria de deixar claro que posso divulgar o nome do pai ou de qualquer outro familiar que faça parte do caso, bem como posso divulgar o nome do acusado ou qualquer outra informação, como local de trabalho, por exemplo. Entretanto, o nome da criança deverá ser mantido em sigilo.

Não as divulgo pelo respeito que tenho pelo trabalho da polícia e por se tratar de informações secundárias, pois o mais importante já estamos faCom informações blog Adrian Márcio zendo. Pedindo justiça para quem tem direito de recebê-la, seja pra criança seja pro acusado.

Sobre os ataques contra nosso site, isso é problema da prefeitura, já que cada ataque custa um valor e a prefeitura está disposta a pagar, porém causa indignação saber que o dinheiro público tem tal destino. É lamentável.
Com informações blog Adrian Márcio
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário