QUARTA-FEIRA, 26 DE JULHO: AQUI ESTÃO AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS PARA VOCÊ COMEÇAR O DIA BEM-INFORMADO

12 de julho de 2011

SOB ORIENTAÇÃO NACIONAL, PSDB CEARENSE PEDE CASSAÇÃO DE GONY ARRUDA


Em reação à saída do deputado Gony Arruda (sem partido) do PSDB, a cúpula estadual da sigla acaba de protocolar representação para cassar o mandato do parlamentar no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) por infidelidade partidária.

A orientação veio da executiva nacional do partido. O presidente estadual do PSDB, ex-deputado Marcos Cals, havia procurado o presidente nacional da sigla, Sérgio Guerra, há cerca de 20 dias, para conversar sobre a situação de Gony, que atualmente é secretário de Esportes do Governo Cid Gomes (PSB), a quem o partido afirma fazer oposição.

A orientação da executiva nacional quanto à reação ao movimento de debandada pelo qual passa a sigla tucana no Ceará já estava prevista para ontem, conforme Cals. Além de Gony, os deputado estaduais Rogério Aguiar e Osmar Baquit confirmam que vão deixar o PSDB para ir para o PSD. Outros três deputados da sigla - Téo Menezes, Neném Coelho e professor Teodoro - já cogitam a possibilidade de deixar o partido.


Ao afirmar que está sendo vítima de perseguição pessoal dentro do partido, Gony Arruda avisou que vai se defender na Justiça. “Acho que é um grande equívoco do PSDB. Fica cada vez mais clara a falta de respeito do partido com a decisão da maioria da bancada, que votou a favor de que eu assumisse o cargo na Secretaria”, disparou Gony.

De acordo com o tucano, foi o atual líder do PSDB na Assembleia, professor Teodoro, quem levou para ele o convite do governador. “Eu estava na minha casa, no dia 25 de dezembro, quando o professor Teodoro me levou a proposta. Ele é o primeiro suplente do partido. Então estão querendo tirar o meu mandato para dar para ele? Eu não entendo”, disse Gony, acrescentando que o partido que tem Marcos Cals como presidente não tem legitimidade para cassar o seu mandato, já que Cals não pediu autorização ao PSDB para assumir a Secretaria de Justiça.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário