Quarta, 23 de Agosto 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

19 de julho de 2011

LANCE DE R$ 2,3 BILHÕES: BRADESCO PERDE BANCO POSTAL PARA BANCO DO BRASIL


Contrato entra em vigor a partir de janeiro de 2012
As 6.195 unidades dos Correios presentes em 95% dos municípios brasileiros passam, a partir de janeiro de 2012, a ofertar serviços bancários prestados pelo Banco do Brasil, e não mais pelo Bradesco.

A mudança foi oficializada quando o Banco do Brasil venceu a licitação para a escolha do novo provedor do serviço com lance de R$ 2,3 bilhões. O contrato, que terá vigência de cinco anos e seis meses, prevê ainda o pagamento de mais R$ 500 milhões pelo uso das agências dos Correios e outros R$ 350 milhões relativos à transações bancárias.

A apuração das propostas aconteceu na sede dos Correios com lances do Itaú Unibanco, Caixa, Banco do Brasil e Bradesco, que operava o serviço há quase dez anos, acumulando um saldo de aproximadamente 11 milhões de contas abertas nas unidades dos Correios e um faturamento que em 2010 alcançou a cifra de R$ 820 milhões.

Em 2002, o Bradesco pagou R$ 200 milhões para poder oferecer serviços bancários, como abertura de conta-corrente, saque e pagamento de benefícios do INSS, nas agências dos Correios. A oferta desse ano atingiu o valor de R$ 2,25 bilhões, mas ainda insuficiente para tirar a vitória do Banco do Brasil.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário