Terça, 19 de Setembro 2017: Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado

28 de junho de 2010

CONVENÇÃO DO PSB REÚNE UM MAR DE PESSOAS: MILITANTES, LIDERANÇAS, ALIADOS E ATÉ ADVERSÁRIOS SIMPATIZANTES DE CID GOMES

Neste domingo (27), o PSB estadual realizou sua convenção e homologou a coligação formada por 16 partidos fortes com representações na Assembleia Legislativa. A composição dos blocos partidários, ficou assim delineada: PSB, PT, PDT, PCdoB, PMDB, PP, PRB, PMN, PSC, PTN, PTC, PRTB, PTB, PSL, PSDC e PTdoB.

O evento aconteceu na quadra do colégio Evolutivo, na Avenida Heráclito Graça na capital cearense, que ficou pequena para um evento de proporções gigantescas.

Mais de 160 municípios estiveram presentes à convenção estadual. O município de Massapê se fez presente - caravana de 42 pessoas - com militantes, ex-vereadores, líderes de bairro, representantes de associações comunitárias, entre outros.

Antes da comitiva chegar, uma multidão incomensurável fez muita festa com abraços, milhares de bandeiras, fogos, apitos, batucadas, adesivos, faixas, cartazes e muita agitação.

Duas ocorrências inusitadas chamaram atenção dos presentes: Uma grande faixa com os dizeres “CALA A BOCA TASSO”, e a outra, o comparecimento de três prefeitos do PSDB das cidades de Caridade, Nova Olinda e Altaneira que apesar do partido ter candidato ao governo do estado, são simpatizantes do governador Cid Gomes.

Por volta do meio dia, a caravana intitulada” CID GOVERNADOR, PRA FAZER AINDA MAIS”, chegou ao local, em três carros, representada pelos políticos Cid Gomes, Ciro, Eunício, Pimentel, Guimarães, Zezinho Albuquerque, Domingos Filho, professor Pinheiro atual vice-governador, o Ministro de Transportes do governo Lula e Ivo Gomes. Essa turma foi bastante ovacionada pelos presentes, um corre-corre imenso, sendo Cid carregado pelos ombros, por um dos militantes.

De todas as figuras pró-eminentes da política estadual presentes à quadra do Colégio Evolutivo, discursaram, apenas, Pimentel, Eunício, Domingos Filho, Ciro Gomes e Cid Gomes.

Entre os discursos, foi lida uma carta enviada pela candidata Dilma Rousseff-PT, de apoio à coligação Cid, inclusive com rasgados elogios a Ciro Gomes.

O blog ‘Massapê Indo Voltando’ também esteve presente e fez o registro com filmagens dos discursos e fotos de tudo que aconteceu. Como não temos condições de postar tudo o que lá ocorreu, por questão de espaço, aí estão algumas imagens do evento.










24 de junho de 2010

OPERAÇÃO GOLIATH NA ASSEMBLEIA: O ÓBVIO PELO OLHAR DA VERDADE

Desde ontem, os cearenses tomaram conhecimento da Ação Conjunta entre a Superintendência da Polícia Federal, Ministério Público Estadual e a Controladoria Geral da União para cumprir mandados, busca e apreensão expedidos pela 11ª Vara da Justiça Federal e pela 2ª Vara da Justiça Estadual.

Os principais meios de comunicação do estado vêm tratando o assunto de forma ponderada, uma vez que os próprios órgãos investigativos e fiscalizadores do assunto, não têm especificamente detalhes de quem é ou não os culpados.

Apenas dois servidores e um empresário foram detidos no intuito de prestarem esclarecimentos, tendo em vista que as empresas supostamente envolvidas atuem sem critérios específicos e que os documentos apreendidos sejam analisados na sua essência para verificar a necessidade de ilicitudes ou não.

Ontem à noite, e hoje pela manhã, foi esclarecido pela mídia, a partir de informações da Polícia Federal, após intensificadas investigações, que está descartada a participação de qualquer parlamentar, ou seja, não figura nas investigações o nome do Deputado Estadual Zezinho Albuquerque; contrariando os comentários impropérios, maldosos e levianos, feitos pelo radialista “chapa branca”, o senhor Paulo Roberto aqui de Massapê.

Por falar em Massapê, esta cidade, há décadas vive uma situação política que transcende à sua realidade histórica. Pessoas dignas e políticos idôneos são alvejados, principalmente em campanhas políticas, através de comentários e atitudes sórdidas realizados por este radialista, e alguns cães famintos e desejosos das migalhas que recebem da prefeitura.

São estes que dão margem a uma campanha nefasta, nojenta, injusta e desrespeitosa que visam entravar o sossego e o respeito às pessoas de bem, em detrimento da ligação política a um grupo político. Esse é o intuito dessas pessoas que parecem não ter nada mais a fazer do que futricar a vida alheia, é ver o circo pegar fogo e semear a discórdia.

Apressam-se para passar adiante notícias, nelas colocando sempre a semente do mal, exagerando nos detalhes, envenenando e acrescentando uma meia dúzia de inverdades. Esses indivíduos não podem ser considerados gente. Assemelham-se aos vermes que chafurdam na lama de onde jamais deveriam sair.

O parlamentar, representante legítimo dos massapeenses na Assembleia Legislativa, ja deu informações a alguns jornalistas e, em breve, muito em breve, a verdade aparecerá e o próprio Zezinho Albuquerque dará esclarecimentos a toda sociedade cearense, inclusive àqueles cães famintos e desejosos do mal.

23 de junho de 2010

A POMBA E O TUCANO: PÁSSAROS DIVORCIADOS

Depois de tanta novela, enfim, o PSDB cearense formalizou o rompimento com o governador Cid Gomes, como a mídia estampa hoje em vários segmentos de meios de comunicação.

Hoje, o tucanato cearense indicou Marcos Cals ao governo do estado, um dos que eram cotados a ser a alternativa de um partido que há tempo vem fragmentado no estado, desde à época Tasso e Lúcio, quando o primeiro traiu o segundo no PSDB.

Criei o logomarca acima dos pássaros separados, para caracterizar a ruptura política entre os Ferreira Gomes e Tasso Jereissati, onde durante anos viveram entrelaçados politicamente.

Cals, cujo perfil agradou aos tucanos, vai correr sérios riscos como candidato a governador, já que tinha uma eleição certa para deputado estadual. Agora, vai ter que se contrapor à administração Cid Gomes, que há pouco tempo fazia parte e a defendia com veemência.

Assim como no plano nacional, o PSDB cearense ainda não tem um candidato ao cargo de vice, seria de bom alvitre o partido indicar o senhor Luiz Pontes para a vaga. Ele não é tido como "poderoso", aqui em Massapê, pelos seus adeptos? É só a título de sugestão para enfatizar o assunto em foco.

Para concluir, uma fonte fidedigna confidenciou ao blog 'Massapê Indo e Voltando', que após o rompimento de Tasso com Cid, no campo político, já há conversações de políticos influentes na esfera nacional na tentativa de aproximar o PR de Lúcio e Roberto Pessoa a apoiar o governador Cid Gomes, ou apoiar o PT, caso não haja consenso entre Cid e Luizianne nas duas vagas exigidas pela loira. O Partido da República apoiaria o Partido dos Trabalhadores na indicação de um candidato ao governo do estado, uma vez que o PR faz parte do bloco de apoio à candidatura de Dilma Rousseff.

Em acontecendo esse espectro, seria uma outra reviravolta na política cearense que até os mortos se levantariam das catacumbas romanas.

22 de junho de 2010

PARABÉNS A VOCÊ, DILETO AMIGO !

Mauro, Francyana, Denise e Nayada
UMA FAMÍLIA UNIDA, JAMAIS SERÁ VENCIDA.
Hoje, 22 de junho, é dia de aplausos. É o dia do aniversário do prestimoso amigo Mauro Lira. Uma das grandes bênçãos da vida é a experiência que os anos vividos nos concedem. Aniversariar é uma amostra das oportunidades que temos de aprender a contar os nossos dias de agradecimentos a Deus.

Desde 1987, conheço MAURO LIRA: um grande amigo, uma cara leal, merecedor de inúmeras amizades. Tenho a honra de tê-lo amigo, há tantos anos, e o bom é que nossa amizade, sem nenhum arranhão, perdura até os dias de hoje.

Que esta celebração tenha a presença daqueles a quem você quer bem, tenha muita alegria no seu coração. Sua felicidade se completa mais ainda, porque hoje é também, o aniversário de sua filha querida FRANCYANA, a quem parabenizo, desejando-lhe toda felicidade do mundo.

Que neste aniversário, PAI e FILHA, consigam descobrir muito mais ideais do que aqueles já conseguidos, e fazer disso uma lição de vida.

Desejo a vocês tudo de bom que a vida pode lhes oferecer, porque vocês merecem!

Parabéns por esta data! Que venha acompanhada de saúde, paz e grandes realizações.

20 de junho de 2010

CETICISMO: NÚMEROS E RESULTADOS DAS ELEIÇÕES PARA PREFEITO DE MASSAPÊ

ANO.............CANDIDATO A PREFEITO................VOTOS....MAIORIA

1988............JACQUES ALBUQUERQUE...............5.748.........837
..................JILSON CANUTO.........................4.911

1992.............ROBÉRIO JÚNIOR.......................7.098.........522
..................PAINHA...................................6.576

1996.............JACQUES ALBUQUERQUE...............7.176
...................NILSON FROTA.........................7.421.........245
...................EDILSON SERIDÓ.........................149

2000.............JACQUES ALBUQUERQUE...............7.970
...................NILSON FROTA.........................8.245.........275
...................ANTONIO APOLIANO.......................07

2004.............JACQUES ALBUQUERQUE..............8.583
...................JOÃO PONTES.........................8.940.........357
...................ODETE APOLIANO........................346
...................CLEITON ARRUDA........................332
...................GILSON ARRUDA...........................98

2008.............JACQUES ALBUQUERQUE..............9.870
...................JOÃO PONTES........................10.023 ........153

MINHA OPINIÃO: Ainda hoje, é com uma boa dose de ceticismo que o massapeense rememora os resultados e os números das eleições para prefeito de Massapê dos últimos anos.

Em qualquer parte do município, nos encontros de assuntos políticos, as pessoas estão acostumadas a assistir, a discutir infindáveis bate-bocas sobre a validade dos números, através de seus métodos probabilísticos - como eram e como seriam - os resultados de cada pleito.

Assim sendo, por achar que algumas pessoas têm facilidades de esquecerem as coisas, achamos por bem refrescar suas memórias com resultado das eleições, a partir do ano de 1988, do qual fiz parte.

Bem, antes de publicar esta postagem, mostrei os números para algumas pessoas de ideologias partidárias diferentes. Segundo análise dos mesmos, apesar das quatro derrotas para seus oponentes, o ex-prefeito de Massapê, Jacques Albuquerque leva vantagem nos números, se somados no cômputo geral.

Grupo PSDB:1988-2008 obteve 1.030 votos (maioria dos seis confrontos)
Grupo Jacques:1988 a 2008 obteve 1.359 votos (maioria dos seis confrontos

A VANTAGEM DO GRUPO JACQUES ALBUQUERQUE É DE 329 VOTOS.

18 de junho de 2010

LABAREDA DE FOGO: “O GOVERNADOR NÃO VAI ACEITAR FACA NOS PEITOS NEM DE LUIZIANNE, NEM DE TASSO”, AVISA CIRO GOMES

“O governador Cid Gomes não vai aceitar faca no peito nem de Luizianne nem de Tasso Jereissati”, afirmou, durante solenidade de inauguração de trecho de estrada ligando o distrito de Sucesso à sede de Tamboril (Sertão do Crateús), o deputado federal Ciro Gomes (PSB). A frase, dita nessa noite de quinta-feira, soou como um recado direito às pressões que Cid vem sofrendo há semanas e que partem de petistas e tucanos.

Da parte do PT, mobilizações para que o governador aceite a candidatura do ex-ministro José Pimentel para o Senado, e da parte do PSDB de Tasso Jereissati a decisão dos tucanos de lançarem um nome para enfrentar Cid Gomes.

Ciro Gomes, no palanque desse ato, conferido por cerca de cinco mil pessoas, convocou o deputado federal José Nobre Guimarães, ex-presidente regional do PT, a estar com ele na tarefa de montar o palanque para garantir a reeleição do governador.
Fonte: Blog do Eliomar

LEI FICHA LIMPA: MORALIDADE E ÉTICA NA POLÍTICA!

Em meados de setembro do ano passado, foi apresentado na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei de Iniciativa Popular sobre a vida pregressa dos candidatos políticos.

A coleta de assinatura com 1,3 milhões de assinaturas foi impulsionada pela Campanha Ficha Limpa, que impedia políticos condenados em primeira instância na justiça fossem candidatos pela prática de crime.


Ontem, ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiram por seis votos a um, que a lei do ficha limpa, que proíbe a candidatura de pessoas com condenações por órgãos colegiados, vale também para condenações anteriores à sanção da lei, em 7 de junho.

Na visão dos ministros, a inelegibilidade não é pena, e sim requisito para eleição. A resposta ocorreu após análise de uma consulta feita por um deputado do PPS do Acre, que questionava pontos sobre a nova legislação. A decisão servirá de orientação para juízes eleitorais e os tribunais regionais eleitorais (TREs) analisarem pedidos de registro de candidatura para as próximas eleições.

O primeiro ponto questionado pelo parlamentar foi decidido na semana passada. Ele queria saber se o ficha limpa já poderia ser aplicado nas eleições de outubro.

A segunda questão era se, ao alterar as causas de inelegibilidade, a lei se aplicava aos processos em tramitação iniciados antes da sua vigência.

O terceiro ponto presente na consulta questiona se a nova legislação, no caso da inelegibilidade e o período de duração da perda dos direitos políticos, aplica-se aos processos em tramitação, já julgados e em grau de recurso. Arnaldo Versiani, um dos ministros da corte, respondeu que sim. "A inelegibilidade não precisa ser imposta na condenação. É a condenação que impõe a inelegibilidade", respondeu.

O voto de Arnaldo Versiani foi acompanhado pelos ministros Carmen Lúcia, Aldir Passarinho Junior, Hamilton Carvalhido, Marcelo Ribeiro - que fez uma série de ressalvas - e o presidente do TSE, Ricardo Lewandowski. Para Carmen Lúcia, o que se busca é a proteção da sociedade. Para analisar o texto da nova lei, na visão dela, existe a necessidade de interpretar de acordo com as finalidades do ficha limpa. Já Hamilton Carvalhido, que relatou a consulta analisada na semana passada, disse que, ao analisar o texto da lei, não teve dúvidas sobre a questão da retroatividade. Já Lewandowski, que inicialmente fez ponderações sobre a questão da retroatividade, voltou atrás e acompanhou na íntegra o relator.

Marcelo Ribeiro ressalvou que existem casos em que a inelegibilidade é equivalente a uma pena, em outras não. Para ele, a proibição de ser candidato por conta de uma condenação por órgão colegiado não pode ser considerada uma pena. Mas, em casos de doações ilegais, por exemplo, ele considera que é. "Não se pode aplicar a lei em casos transitados em julgado", opinou. Ele citou, sem nominar, casos de representações por abuso de poder econômico. Um caso concreto é do ex-governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima. No ano passado, ele perdeu o mandato e os direitos políticos por três anos por decisão do TSE. "Não pode, no curso do processo, mudar a lei, a pena é outra", disse. Essa questão não foi decidida pela corte. Portanto, caberá a análise de cada caso para saber se a inelegibilidade se aplica ou não.

Assim como na análise da semana passada, o ministro Marco Aurélio foi a única voz dissidente. Ele alertou para o fato de fazer valer a legislação já para outubro, o que pode ser considerado casuísmo, "mesmo que a lei seja boa". Ele, então, respondeu uma a uma as perguntas feitas pelo deputado Ilderlei Cordeiro. E todas as respostas foram negativas. "Não posso conceber que inelegibilidade não interfere no processo eleitoral. Tem tudo a ver com o processo eleitoral", disse o ministro.

15 de junho de 2010

AMIZADE PESSOAL E POLÍTICA TRINCADAS: PARA TASSO, CID E CIRO NÃO SÃO HOMENS DE PALAVRAS

Tasso: a coragem da família Ferreira Gomes acabou no dia em que Lula(presidente) desembarcou no Ceará(no dia 8 de junho)".

O rompimento do PSDB com o governador Cid Gomes foi confirmado hoje durante encontro de três horas do senador Tasso Jereissati com 45 prefeitos. Tasso aproveitou a reunião para anunciar que até segunda,21, o PSDB estará lançando o candidato do partido ao Governo do Ceará. O instituto Ibope já foi contratado para fazer uma pesquisa com vários cenários eleitorais que vão definir o melhor nome. Há dois fortes candidatos: o deputado estadual Marcos Cals e o empresário Beto Studart.

A conversa de Tasso com os prefeitos retratou os últimos acontecimentos da política cearense. Sem esconder seu sentimento de ter sido traído pelo governador Cid Gomes e também por seu amigo, deputado federal Ciro Gomes, Tasso disse que "a coragem da família Ferreira Gomes acabou no dia em que Lula(presidente) desembarcou no Ceará(no dia 8 de junho)".

Tasso explicou aos prefeitos que procurou Cid Gomes para negociar os termos da aliança eleitoral do PSDB com o PSB. Primeiro, contou Tasso, Cid pediu que aguardássemos o retorno de Ciro do exterior. Depois, sugeriu que esperasse sua volta da Copa do Mundo. Sem uma definição eleitoral e com o tempo passando,
Tasso disse que resolveu cobrar uma decisão do governador Cid Gomes.

Para surpresa de Tasso, segundo contou aos prefeitos, o governador Cid Gomes não atendia as ligações e nem retornava os telefonemas. Constatado esse fato, Tasso afirmou que resolveu telefonar para o seu amigo, deputado federal Ciro Gomes. Mas, o estranho disse Tasso, é que Ciro também não me deu nenhum retorno. "Agora quem manda é o Ivo".

Sem esconder sua revolta, o senador Tasso Jereissati aproveitou a reunião com os prefeitos para fazer um desabafo. Declarou que no momento oportuno irá provar porque " Ciro Gomes não é um homem de palavra". Não quis dar detalhes dessa forte declaração que revela o estremecimento não apenas político mas também pessoal de Tasso e de Ciro Gomes, numa amizade de 24 anos que está trincada pelo que sentiram todos os prefeitos presentes ao escritório do senador .
Fonte: Ceará Agora

MINHA OPINIÃO: A política é mesma dinâmica, como dizia Gonzaga Mota. Sei mesmo que o campo político é o lugar em que se geram análises, comentários, conceitos, acontecimentos, controvérsias, uniões e separações entre os quais os cidadãos comuns, não entendem os porquês de tantas incógnitas no cenário político.

Certa vez, disse em uma das centenas de comentários e postagens aqui no blog: Na política, o amigo passa a ser inimigo; o inimigo passa a ser amigo.

O amigo a nos carregar nos braços, hoje, é o mesmo que, amanhã, pode nos enforcar no dobrar da esquina.

Muitos não esperavam, mas em diversas conversas sobre o assunto em análise, sempre disse que Cid e Ivo não eram chegados a Tasso Jereissati. Quem gosta de Tasso, é Ciro! Mas com as declarações de Tasso, a coisa deverá mudar.

Entre os mais diversos amigos que tratei deste assunto, destaco o grande amigo José Wilson do Salgadinho.

Ao que parece, essa amizade vai ficar bastante abalada e estremecida. Para muitos, era difícil que Tasso, Cid e Ciro tomassem rumos opostos no campo político, tornou-se real.

Está rompida a aliança que durante décadas alimentavam a familia Ferreira Gomes com Tasso Jereissati.

A partir de agora, o cenário político-eleitoral em muitos municipios cearenses vai ser outro, inclusive aqui em Massapê.

13 de junho de 2010

TRECHOS DO DISCURSO DE DILMA ROUSSEFF CANDIDATA A PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Não é por acaso que depois deste grande homem, o nosso Brasil possa ser governado por uma mulher. Por uma mulher que vai continuar o Brasil de Lula - mas que fará um Brasil de Lula com alma e coração de mulher.

Lula mudou o Brasil e o Brasil quer seguir mudando. A continuidade que o Brasil deseja é a continuidade da mudança. É seguir mudando, para melhor, o emprego, a saúde, a segurança, a educação.É seguir mudando com mais crescimento e inclusão social para que outros milhões de brasileiros saiam da pobreza e entrem na classe média. É seguir mudando para diminuir ainda mais a desigualdade entre pessoas, regiões, gêneros e etnias.

Historicamente, quase todos governantes brasileiros governaram para um terço da população. Para muitos deles, o resto era peso, estorvo e carga. Falavam que tinham que arrumar a casa primeiro. Falavam e nunca arrumavam. Porque é impossível arrumar uma casa deixando dois terços dos filhos ao relento, à margem do progresso e da civilização.

Resultado: o Brasil era uma casa dividida, marcada pela injustiça e pelo ressentimento, que desperdiçava suas melhores energias.

Nós, do governo do presidente Lula, fizemos o contrário. Chegamos à conclusão de que só fazia sentido governar se fosse para todos.

E provamos que aquilo que era considerado estorvo era, na verdade, força e impulso para crescer. Quebramos o tabu e provamos que incluir os mais fracos e os mais necessitados ao processo de desenvolvimento do país é um caminho socialmente correto, politicamente indispensável e economicamente estimulador.

A consolidação do estado democrático de direito passa, igualmente, pela garantia e manutenção de AMPLA LIBERDADE DE IMPRENSA e da livre circulação e difusão de idéias.

Exige, cada vez mais, a ampliação do direito à informação da população, com a multiplicação dos meios de comunicação. E que sejamos capazes de dar respostas abrangentes e inclusivas aos imensos desafios e às fantásticas possibilidades abertas pelo mundo digital, pela internet e pelo processo de convergência de mídias.

Para o Brasil seguir mudando, devemos AMPLIAR NOSSA PRESENÇA INTERNACIONAL, oferecendo ao mundo contribuições valiosas nas áreas ECONÔMICA, de MUDANÇAS CLIMÁTICAS e da PAZ MUNDIAL. Seguiremos defendendo, de forma intransigente, a paz mundial, a convivência harmônica dos povos, a redução de armamentos e a valorização dos espaços multilaterais.

Para o Brasil seguir mudando é preciso, acima de tudo, manter e aprofundar o olhar social do governo do nosso grande presidente Luiz Inácio Lula da Silva. É mais que simbólico que, nesse momento, o PT e os partidos aliados estejam dizendo: chegou a hora de uma mulher comandar o país.

Estejam dizendo: para ampliar e aprofundar o olhar de Lula, ninguém melhor que uma mulher na presidência da República. Creio que eles têm toda razão. Nós, mulheres, nascemos com o sentimento de cuidar, amparar e proteger. Somos imbatíveis na defesa de nossos filhos e de nossa família.

Eu estava num aeroporto, quando um jovem casal, com uma filhinha linda, se aproximou. E a mãe falou assim: "eu trouxe minha filha aqui pra que você diga a ela que mulher pode". Eu perguntei para a guria: "mulher pode o quê?". E ela: "ser presidente". Eu disse: "pode sim, não tenha dúvida que pode".

Sabem como é o nome desta menininha? Vitória! Pois é para ela, e para as milhões e milhões de pequenas Vitórias e Marias, meninas deste Brasil que não sabem ainda que uma mulher pode ser presidente, é para elas que eu quero dedicar a minha luta. E a nossa vitória.

Para que, assim como depois de Lula, um operário brasileiro sabe que ele, seu filho, seu neto, podem ser presidente do Brasil, estas pequenas Vitórias e Marias também possam responder, quando perguntadas o que vão ser quando crescer; que elas possam responder, como fazem os meninos:"Eu quero ser Presidente do Brasil!"
Fonte: Blog do Noblat

12 de junho de 2010

"POR QUE CID GOMES SE AFASTOU DE TASSO"

Entre a última segunda-feira e ontem, o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) ligou uma vez para Cid Gomes (PSB), governador do Ceará. Ligou a segunda vez. E a terceira.

Cid nem atendeu nem devolveu as ligações.

Então Tasso reuniu o PSDB cearense e anunciou o rompimento de relações com Cid. Com o gesto, pôs em risco sua reeleição.

Cid conhece bem o temperamento de Tasso. Sabia que ele não suportaria uma desfeita. Assim poderá dizer que foi Tasso que rompeu com ele - e não ele com Tasso.

Quando há quatro anos se elegeu governador, Cid foi apoiado pelo PMDB do deputado Eunício Oliveira. Em troca prometeu apoiar este ano a candidatura de Eunício ao Senado.

Mas Cid estava sob pressão do PT cearense para apoiar não só Eunício, mas também José Pimentel (PT) para senador. E sob pressão de Ciro Gomes, seu irmão, para apoiar por debaixo do pano a candidatura de Tasso.

Os Gomes devem a Tasso a importância política que ganharam no Ceará. Tasso e Ciro são amigos e sempre aliados em todas as ocasiões.

Em 2002, por exemplo, Tasso largou de mão a candidatura de José Serra à presidência da República para apoiar a de Ciro.

Dá-se que os Gomes se dividiram mais tarde com relação a Tasso.

Os irmãos Ciro, Lúcio e Lia continuam amigos de Tasso e defendem sua reeleição.

Ivo Gomes (PSB), deputado estadual, defendeu que Cid se afastasse de Tasso.

Foi o que acabou acontecendo.

Lula considera Tasso um adversário a ser derrotado a qualquer preço - assim como Arthur Virgílio, líder do PSDB no Senado, e candidato à reeleição pelo Amazonas.

Cid escolheu ficar do lado de Ivo, Lula e do PT.
Fonte: blog do Noblat

11 de junho de 2010

DE ESPERANÇA A DESESPERO

Quem vive na política ou que dela participa, tem observado os fatos e boatos envolvendo alguns políticos cearenses nos momentos que antecedem as convenções para definir os candidatos às eleições no Estado do Ceará.

O anúncio inesperado do senador Tasso Jereissati de "arrumar" o seu PSDB aos frangalhos na tentativa de lançar um nome ao governo do Estado mostra o que ontem era gentileza, hoje é desprezo.

"O desprezo é a forma mais sutil de vingança", já dizia Baltazar Gracian. No desespero e no perigo, as pessoas aprendem a acreditar no milagre. O PSDB cearense, sem ideologia e coerência, deveria está no lugar que o povo o colocou em 2006. Agora vai para o tudo ou nada. É, na verdade, uma atitude própria de quem perdeu a esperança.

Aliás, a esperança é toda a tendência para um bem futuro e possível, mas incerto. É uma tensão própria de quem se sente privado de um bem ardentemente desejado mas que julga poder alcançar por si mesmo ou por outrem.

Tasso quando estabeleceu o dia 10 de junho para fazer o comunicado do rompimento, deveria ter decidido e lançado um candidato. É o partido das incógnitas!

O PT, principal partido aliado de Cid, não admite em hipótese alguma apoio a Tasso e nem tampouco, aceita o PSDB no palanque do governador.

Por ocasião da reunião de hoje, a tensão elevou-se! Um dos momentos mais embaraçosos que serviram para iniciar o suposto rompimento do partido com o governador Cid Gomes foi quando leram uma nota oficial do Partido Socialista Brasileiro-PSB de Fortaleza, onde os seus militantes e simpatizantes proibiam veemente qualquer tipo de aliança com o PSDB e avisavam que o partido de Cid não aceitaria um acordo para apoiar à reeleição de Tasso. Foi um estopim à prova de fogo.

Se depender de Cid, da prefeita de Fortaleza, e do PT de Lula, será impossível. Paralelamente, crescem as especulações de que se ninguém do PSDB aceitar sair candidato, o senador tucano poderá vir apoiar o ex-governador Lúcio Alcântara.

Caso venha acontecer tal impropério, terei que terminar essa minha postagem dizendo o seguinte: Político é um animal de primoroso senso de oportunismo que não deve ser confundido com senso de oportunidade; e "o amigo a nos carregar nos braços, hoje, é o mesmo que, amanhã, pode nos enforcar no dobrar da esquina", baseado no versinho de Maquiavel
.

7 de junho de 2010

II ENCONTRO DO PSB NO YTACARANHA HOTEL DE SERRA EM MERUOCA






Nos últimos dias, o PSB do Ceará vem se reunindo para promover a aproximação de seus filiados e definir propostas e estratégias para as eleições de 2010.

O primeiro encontro foi no dia (29/05), (Região do Cariri) no Crato; o segundo aconteceu na manhã deste sábado(05), com lideranças da sigla no Ytacaranha Hotel de Serra e o terceiro vai acontecer em Guaramiranga (Maciço de Baturité) no sábado, dia 12. Depois desse ciclo de reuniões, virá a convenção estadual do PSB dia 27 em Fortaleza.

Em Meruoca, o PSB reuniu diversas lideranças da sigla do estado para definições de políticas públicas para a Região Norte através da OFICINA DE PLANEJAMENTO na busca de propostas e prioridades que garantam o desenvolvimento regional de forma mais justa e humana.

A convite de José Albuquerque, o PSB de Massapê esteve presente ao evento e foi representado por mim, Aldênis Fernandes-secretário geral do partido no municipio, por Júnior Balbino e pelo próprio Dep. Zezinho Albuquerque.

O encontro regional do PSB, iniciou-se às 9:00h e foi aberto pelo governador Cid Gomes que agradeceu a presença dos militantes, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e deputados estaduais presentes.

Em seguida, Cid solicitou que os filiados formassem grupos representando seus municípios e discutissem as propostas de políticas públicas para atender as demandas da região.

Às 13:00 horas, foi oferecido um lauto almoço aos presentes e durante o intervalo de volta ao debate, o presidente do PSB Cid Gomes, solicitou que todos os militantes do partido se manifestassem sobre suas opiniões sobre a direção eleitoral que ele deveria seguir para as eleições de outubro a nível nacional e estadual, já que não podia resolver nada de forma unilateral. Exigiu que ninguém fizesse discurso ou sermão, apenas colocasse sua proposta de forma direta e objetiva. Contribuí, também, com minha opinião.


Muitos emitiram suas opiniões na esfera nacional e estadual. Todos foram unânimes que o governador apoiasse a pré-candidatura de Dilma para Presidente da República e no âmbito estadual, metade se manifestou que o governador continuasse com os partidos que lhe apóiam na Assembleia, lançando o PT na vice e apoiando a reeleição de Tasso ao senado; e a outra parte foi contra o apoio à reeleição do senador Tasso Jereissati.

À tarde, dirigentes e militantes retornaram para discutir e analisar as propostas da oficina de planejamento e propor soluções para visões de futuro.

O magnifico encontro foi encerrado pelo deputado Zezinho Albuquerque e vice-presidente do PSB do Ceará que, ao final, agradeceu a todos os presentes no evento.
Postagens mais recentes Postagens mais antigas Página inicial